F1: Polícia não encontra infração criminal em e-mail anônimo enviado à Mercedes; entenda

Equipe solicitou uma investigação por trás de uma mensagem eletrônica enviada de forma anônima alegando que o time de Brackley estava sabotando Lewis Hamilton de forma perigosa

Press Conference
Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG F1 Team

Press ConferenceToto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG F1 Team

Foto de: Sam Bagnall / Motorsport Images

A polícia de Northamptonshire não encontrou nenhuma infração criminal no email anônimo enviado à Mercedes alegando que equipe está sabotando o carro de Lewis Hamilton na Fórmula 1 de forma perigosa.
Leia também:
No início deste mês, um email foi enviado de forma anônima acusando a Mercedes, e especialmente o chefe da equipe, Toto Wolff, de "sabotagem sistemática" com o carro de Hamilton, as estratégia e sua saúde mental.
O email foi enviado para a mesma lista de pessoas da F1 e da mídia que foram encaminhadas supostas mensagens de WhatsApp envolvendo a polêmica em torno de Christian Horner no começo deste ano.  
Durante o fim de semana do GP da Espanha, Wolff negou que o email tivesse qualquer informação verdadeira ou que tivesse sido enviado por algum membro da equipe. "Não é de um membro da equipe. Quando recebemos esse tipo de email, e recebemos milhares deles, é perturbador, principalmente quando há alguém falando sobre morte e coisas assim".
Toto confirmou que a Mercedes acionou a polícia para investigar o email e sua origem. "Neste em particular, eu dei ordens para irem com força máxima. Temos a polícia investigando. Estamos pesquisando o endereço IP. Estamos procurando o celular. Tudo isso porque o abuso online precisa parar. As pessoas não podem se esconder atrás dos seus celulares e computadores e tratar as equipes e os pilotos dessa forma". 
Nesta terça-feira, no entanto, a polícia alegou que não encontrou nenhuma infração criminal, mas aconselhou a Mercedes como proceder caso isso se repita: "Northamptonshire recebeu um relatório no dia 12 de junho sobre um e-mail que circulou dentro da equipe da Mercedes AMG F1 Team", disse um porta voz à BBC.

"Nenhuma infração criminal foi encontrado. No entanto, aconselhamos como agir caso e-mails assim voltem a ser recebidos pela equipe.

Drugo NA WILLIAMS... Red Bull AMEAÇADA? Briatore MIRA SAINZ! Lawson e Schumi NO RADAR da F1

 

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

VERDADE OU MITO: Brasil-1991 é a MAIOR VITÓRIA de SENNA? Glórias de AYRTON em DEBATE | Podcast F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Barcelona ainda é a melhor pista para medir o real desempenho dos carros na F1?
Próximo artigo F1: Aston Martin rebate Alonso e avisa que não há solução rápida para seus problemas

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil