F1 - Presidente da FIA diz que punição da Red Bull por violação do teto foi justa: "Rivais queriam ver sangue"

Mohammed ben Sulayem defendeu que, para os próximos anos, resultados da investigação precisam sair mais cedo, preferencialmente em maio

Mohammed ben Sulayem, FIA President talks with Red Bull Racing Team Principal Christian Horner and Max Verstappen of Red Bull Racing

O presidente da FIA, Mohammed ben Sulayem, acredita que a sanção aplicada à Red Bull pela violação do teto orçamentário da Fórmula 1 em 2021 foi justa, apesar das equipes rivais pedirem por "sangue".

Em outubro, foi anunciado que a Red Bull havia estourado o limite de gastos do ano anterior, sendo penalizada com uma multa de 7 milhões de dólares e uma redução de 10% no tempo de uso do túnel de vento no próximo ano.

Leia também:

Muitos rivais queriam sanções mais rígidas, mas Sulayem acredita que a FIA lidou corretamente com o caso, especialmente por se tratar do primeiro ano do teto orçamentário.

"Aprendemos muito e, a partir disso, faremos uma grande revisão", disse ao Motorsport.com. "Quem tinha como saber qual seria o resultado no primeiro ano? Mesmo nós não esperávamos".

"Se você olhar para as outras equipes, eles dirão que pegamos leve com eles. E a penalização? Alguns queriam vê-los enforcados, queriam ver sangue. E as equipes culpadas veem isso como algo pesado para eles. Então onde você traça o limite?".

"Temos que ser justos também. Queremos nos livrar deles ou queremos que isso seja resolvido para não acontecer mais".

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Um aspecto que Sulayem quer ver sendo lidado de forma melhor no próximo ano é o timing das investigações do teto orçamentário, com ele sugerindo que não é ideal que o assunto se arraste tarde no ano seguinte.

"O que digo é que, esse ano fizemos em setembro / outubro, mas deve ser feito mais cedo. Mas, por ser o primeiro ano, aprendemos muito com isso. Ainda estamos aprendendo. Então o certo é maio, não outubro".

Sulayem também sugeriu que a FIA deve aumentar seu pessoal para policiar melhor os casos, tanto no regulamento financeiro quanto em outras áreas.

"O regulamento financeiro está no primeiro ano, policiar é muito difícil. E é por isso que estamos discutindo sobre termos mais funcionários: três mais no lado financeiro, três no chassi e no motor. Então teremos um recrutamento pela frente".

"Se você não tem o pessoal correto para policiar, qual é o ponto de se ter o regulamento? Acredito que exista um equilíbrio entre lado financeiro e penalidades desportivas".

Binotto na Audi? Saiba de novo rumor na F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #206 – Saída de Binotto resolve os problemas da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Horner: Red Bull foi "um alvo" em 2022 fora das pistas
Próximo artigo Empresário bilionário de Hong Kong planeja ter equipe na F1 em 2026; entenda

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil