F1 quer garantir que corridas sprint não sejam incompreensíveis para fãs

Categoria tem trabalhado para fornecer informações durante a sessão por meio de uma variedade de gráficos

F1 quer garantir que corridas sprint não sejam incompreensíveis para fãs

A Fórmula 1 está trabalhando para garantir que o novo formato de final de semana com as corridas sprint não seja incompreensível para os fãs, fornecendo informações relevantes por meio de sua parceria com a Amazon Web Services.

A F1 anunciou em abril que iria realizar corridas sprint de classificação em três eventos em 2021 - prova de 100 km nas no sábado para definir o grid de largada para o GP no domingo. 

Leia também:

Silverstone será a primeira etapa a receber esse novo formato, em julho, no GP da Grã-Bretanha, reorganizando sua programação de fim de semana com a classificação na sexta-feira à noite.

A categoria, portanto, tem trabalhado com a Amazon Web Services (AWS) para fornecer informações durante a corrida aos fãs por meio de uma variedade de gráficos, incluindo chances de ultrapassagem, desempenho de frenagem e aferição de velocidade. Até o final do ano, a AWS oferecerá 18 gráficos diferentes por meio da parceria F1 Insights.

O consultor técnico da categoria máxima do automobilismo, Rob Smedley, explicou como eles estão trabalhando para prever cenários em corridas sprint e garantir que não passem muito rapidamente sem dar uma compreensão suficiente aos torcedores.

“Estamos discutindo o quais resultados e cenários prováveis no fim de semana”, disse Smedley ao Motorsport.com.

“Se você pensar bem, é a primeira vez que estamos realmente no mesmo nível, porque estamos aprendendo no mesmo ritmo que as equipes. Então é muito bom."

“Mas você tem que ser capaz de transmitir isso também. A sessão sprint de classificação e o formato de fim de semana só vão ser um sucesso se conseguirmos manter os fãs informados sobre o que está acontecendo."

“Se for uma espécie de 'borrão' e for tudo diferente, sem saber o que está acontecendo até o final, acho que perde um pouco da vantagem da corrida sprint de classificação.”

A F1 também está planejando utilizar o novo formato no GP da Itália e no GP de São Paulo, no Brasil, mas ainda não finalizou os detalhes para esses eventos.

Smedley disse que a parceria da F1 com a AWS ajudaria na compreensão sos elementos importantes da sessão sprint, além de transmitir essa informação aos fãs.

“Ross [Brawn] foi muito claro com todos nós sobre tentar maximizar isso como uma oportunidade”, disse.

“Então, estamos novamente com a AWS, vendo o que podemos fazer e pensando o que realmente precisamos. Quais são as partes importantes da própria corrida sprint de classificação?"

“Qual é a parte importante da classificação? Como tudo isso se encaixa na corrida de domingo? Esse tipo de coisa."

“Há muitos aspectos interessantes nisso, pelos quais estamos examinando agora e nos certificando de que estamos preparados com as instruções, histórias e gráficos para Silverstone", concluiu. 

CONHEÇA a SAGA da roda de BOTTAS que causou MAIOR 'pit stop' da HISTÓRIA da F1 e envolveu FERRARI

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O que a liderança inédita de Verstappen representa na F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Alpine acredita que resultado em Mônaco foi "uma falha" na progressão da equipe

Artigo anterior

F1: Alpine acredita que resultado em Mônaco foi "uma falha" na progressão da equipe

Próximo artigo

F1 vs Indy: qual carro é mais rápido, potente e mais comparações

F1 vs Indy: qual carro é mais rápido, potente e mais comparações
Carregar comentários