F1: Red Bull investigada por ultrapassar limite orçamentário em 2021

Aston Martin também aparece como segunda equipe que infringiu as regras; suspeita de que time de Milton Keynes cometeu infração acima dos 5% de margem

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18, Sebastian Vettel, Aston Martin AMR22, George Russell, Mercedes W13

O paddock de Singapura esquentou depois que se soube que a FIA divulgará o relatório final sobre o teto orçamentário da temporada 2021 da Fórmula 1. Teria surgido que Aston Martin e Red Bull não teriam respeitado as restrições de gastos e ao que tudo indica, a equipe de Milton Keynes parece ter ido mais longe do que os 5% de infração que resultam em apenas uma penalidade financeira.

Leia também:

Como parte do processo para controlar o limite de custos, as equipes foram informadas de que em 5 de outubro a FIA emitirá um certificado de conformidade para as equipes que estavam sob o limite de custo de cerca de US$ 145 milhões no ano passado. Os nomes indicados são os de Aston Martin e Red Bull, e em um desses dois casos a infração seria superior ao teto de 5%, um limite que acarreta penalidades não apenas financeiras, mas também esportivas.

No entanto, qualquer equipe que for julgada ter ultrapassado o limite de gastos estará sujeita a uma nova audiência que então aplicará as penalidades estipuladas no regulamento. As opiniões da FIA sobre o assunto são finais, com os regulamentos financeiros do esporte afirmando: "Não haverá direito de apelação contra qualquer decisão da Administração de Limite de Custos de emitir um certificado de conformidade para uma equipe de F1".

O chefe da Red Bull, Christian Horner, se recusou a comentar quando abordado pelo Motorsport.com, mas Helmut Marko desconversou sobre situação.

"Este é um processo contínuo e em discussão com a FIA. Estamos recebendo os detalhes agora. No momento não podemos dizer nada sobre isso. Mas não temos nenhuma preocupação de que algo sério possa acontecer", disse o conselheiro da Red Bull.

A Aston Martin apenas afirmou que estava em negociações em andamento com o órgão regulador. Um porta-voz disse: "Apresentamos nosso relatório de 2021. Estamos em discussão com a FIA e aguardamos a certificação".

Os regulamentos da F1 estabelecem uma série de opções como punição para as equipes que violarem o limite de custos: para uma violação menor, que é inferior a 5% de gastos excessivos, as penalidades podem incluir uma repreensão pública, uma dedução de pontos do campeonato de construtores ou pilotos, exclusão de eventos, limitações em testes aerodinâmicos ou multa.

Um gasto excessivo de material, que é considerado mais de 5% acima do limite, inclui sanções mais rígidas como opções. Isso inclui a dedução de pontos do campeonato de pilotos ou construtores, suspensão de eventos, limites em testes aerodinâmicos, exclusão do campeonato ou uma redução futura no teto de custos.

O cenário realmente se presta a leituras incômodas para a Red Bull. Há a questão do chassi mais leve (de repente deixado de lado) e um programa de desenvolvimento muito exigente que foi cuidadosamente analisado pelos adversários. E obviamente não passou despercebido que a Red Bull foi a última equipe a terminar o desenvolvimento na temporada passada sem sofrer atrasos no design do carro de 2022.

TELEMETRIA: Bicampeonato de Verstappen virá em Singapura? Rico Penteado analisa todos os ângulos do GP

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast #197 - Na berlinda, qual será o futuro de Ricciardo e Schumacher?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Hamilton bate Verstappen no fim e lidera TL1 para o GP de Singapura
Próximo artigo F1: De Vries assinou com AlphaTauri? Hulkenberg na 'pole' por vaga na Haas? Veja as últimas do mercado de pilotos

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil