F1 - Russell crava cenário da Red Bull em 2023: "Ganham todas as corridas da temporada"

Britânico vê adversária em mais um ano de soberania na categoria depois de Verstappen vencer com sobra a corrida de estreia no Bahrein

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Charles Leclerc, Ferrari SF-23, Sergio Perez, Red Bull Racing RB19

Zak Mauger / Motorsport Images

Max Verstappen liderou a Red Bull na corrida de estreia da temporada 2023 da Fórmula 1. O holandês venceu com 'sobra' e foi seguido por Sergio Pérez que deu à equipe de Milton Keynes a primeira dobradinha do ano. O resultado fez com que George Russell previsse como será o cenário da rival no restante da competição.

Leia também:

Com Fernando Alonso chegando em terceiro e a 38s de distância para Verstappen, a Ferrari tendo problema de confiabilidade no carro de Charles Leclerc, que abandonou, e mais uma vez a Mercedes lutando para encontrar desempenho, Russell colocou a Red Bull em uma liga acima do restante do grid e deixou claro que vê os comandados de Christian Horner vencendo todas as etapas deste ano.

"A Red Bull tem este campeonato fechado, não acho que ninguém vai lutar com eles este ano", disse Russell depois de terminar em sétimo no GP do Bahrein. “Acredito que eles ganham todas as corridas desta temporada. Essa é a minha aposta. Com o desempenho que eles têm, não vejo ninguém os desafiando."

“O ritmo deles parece mais fraco neste fim de semana do que nos testes, o que foi um pouco estranho. Mas, eles estão tranquilos no momento e podem fazer o que quiserem. Eles podem não conseguir a pole o tempo todo, porque sabemos que a Ferrari é muito competitiva na classificação. Mas quando se trata de ritmo de corrida, acho que eles estão em uma posição muito forte."

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, George Russell, Mercedes F1 W14, Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, George Russell, Mercedes F1 W14, Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Russell ainda ecoou os pensamentos do seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, sobre o que falta no W14 para que a Mercedes consiga dar um passo para frente em relação ao desempenho. 

"Estamos muito longe de onde queremos estar. Acho que o único aspecto positivo de tudo isso no momento é que não há nenhum problema fundamental com o carro além da falta de downforce. E por mais bobo que pareça, esse é provavelmente um dos problemas mais fáceis de resolver, se você comparar com o ano passado."

"Passamos do carro que estava balançando mais para o carro que provavelmente está balançando menos e com a mudança do regulamento ao longo de um ano, talvez tenhamos dado um passo conservador demais a esse respeito."

F1 AO VIVO: Veja programa que debate o GP do Bahrein de F1

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Ferrari renovada, Mercedes melhor e Red Bull bem? Que F1 teremos em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Hamilton acredita que "um pódio não estava nem perto" no GP do Bahrein
Próximo artigo F1: Sainz admite que ritmo que Aston Martin mostrou no GP do Bahrein é "muito preocupante"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil