F1: Saiba quem é a “loira americana” que poderia ter salvado corrida de Mercedes em Monza

compartilhar
comentários
F1: Saiba quem é a “loira americana” que poderia ter salvado corrida de Mercedes em Monza
Por:
Co-autor: Oleg Karpov

Chefe da AlphaTauri revela sistema de voz que evitou que a equipe cometesse o mesmo erro da Mercedes no GP da Itália

A AlphaTauri revelou que tem um sistema de voz automatizado especial - apelidado de 'loira americana' - para garantir que não cometa a gafe que a Mercedes fez no GP da Itália. Em Monza, no final de semana passado, as esperanças de vitória de Lewis Hamilton foram frustradas quando ele recebeu uma penalidade de 10 segundos por entrar nos boxes enquanto o pit lane estava fechado.

Hamilton admitiu que não viu os sinais de luz piscando que avisavam que o pitlane estava fechado, enquanto a Mercedes disse não ter visto mensagens de alerta colocadas nas telas da FIA.

Leia também:

Esse erro abriu caminho para Pierre Gasly, da AlphaTauri, conquistar sua primeira vitória na Fórmula 1.

Refletindo sobre as circunstâncias que envolveram aquele erro crucial no pit stop, o chefe da AlphaTauri, Graham Watson, revelou que instalou um sistema de voz especial em sua equipe há vários anos para evitar que seu time cometesse o mesmo erro que a Mercedes.

Em uma entrevista exclusiva ao Motorsport.com revelando a história do triunfo da AlphaTauri, Watson explicou que a ideia de sua equipe garante que nenhuma mensagem da FIA seja perdida.

"Acho que a Mercedes não tem nada semelhante, porque do contrário eles teriam sabido", disse ele. "Mas em nosso pitwall, há cerca de três anos, instiguei uma narração computadorizada em todas as mensagens da FIA”.

"Então, quando a FIA - essa mensagem aparece na página três - diz 'pitlane está fechado', recebo uma voz gerada por computador me dizendo. É uma mulher, eu a chamo de loira americana, por causa do sotaque. Ela estava dizendo 'pitlane está fechado’”.

"Os engenheiros estavam dizendo que poderíamos trazer o Daniil [Kvyat] sob o safety car, e eu comecei a gritar 'não, não entre, não entre, não entre'. E todos olharam para mim, e eu disse 'a entrada do pitlane está fechada, a entrada do pitlane está fechada'”.

“Então nós ficamos lá. Mas então eu vi Hamilton entrando. Eu fiquei tipo 'Eu estraguei tudo, como diretor esportivo, eu cometi um erro enorme aqui?' Porque uma equipe como a Mercedes não comete esse tipo de erro”.

"E então olhei para a tela novamente. 'Não, não, 100% rapazes, não entrem. Você tem que ficar de fora'".

A Mercedes disse no rastro de seu erro no GP da Itália que estaria procurando fazer mudanças em seu software do pitlane para garantir que não perca mensagens semelhantes no futuro.

DIRETO DO PADDOCK: Vettel confirmado na Aston, Pérez ‘chutado’ e McLaren ‘à venda’; Bernoldi comenta

PODCAST: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

Related video

Dança das cadeiras da F1: confira quais equipes ainda têm vagas para 2021

Artigo anterior

Dança das cadeiras da F1: confira quais equipes ainda têm vagas para 2021

Próximo artigo

F1: Hamilton reage à ida de Vettel para Racing Point: “É a direção ideal”

F1: Hamilton reage à ida de Vettel para Racing Point: “É a direção ideal”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes AlphaTauri
Autor Jonathan Noble