F1: Sainz admite ter repetido estratégia que deu errado; entenda

Largando de pneus duros, espanhol revelou que compostos no primeiro stint nunca funcionaram no seu carro

Valtteri Bottas, Alfa Romeo F1 Team, Sergio Perez, Red Bull Racing, Carlos Sainz, Scuderia Ferrariand Max Verstappen, Red Bull Racing

Valtteri Bottas, Alfa Romeo F1 Team, Sergio Perez, Red Bull Racing, Carlos Sainz, Scuderia Ferrariand Max Verstappen, Red Bull Racing

Zak Mauger / Motorsport Images

Carlos Sainz encerrou o ano de 2023 pouco satisfeito, após um GP de Abu Dhabi andando no meio do pelotão e abandonando na última volta. O espanhol, que estava em quarto, empatado com Fernando Alonso na classificação do campeonato da Fórmula 1, terminou o ano na sétima colocação, sendo superado também por Charles Leclerc e Lando Norris.

Atrapalhado pelo tráfego na classificação, Sainz foi eliminado no Q1 e precisou fazer uma corrida de recuperação, precisando fazer uma estratégia alternativa. O espanhol, porém, revelou que sabia que precisaria contar com a sorte, pois sua Ferrari nunca funcionou usando pneus duros no primeiro stint.

O editor recomenda:

“O que passou é que, uma vez que o primeiro stint não funcionou e estávamos fora dos pontos, nossa única opção era ter um Safety Car. Também cometi um erro que nos fez sair tudo mal”, declarou o espanhol à DAZN.

“Este ano, sempre que tivemos um primeiro stint com pneus duros, não andávamos bem. Hoje isso voltou a ocorrer e é algo que acontece com nosso carro, mas não sabemos as razões. Não podemos fazer o que os outros fazem e não sabemos os motivos, uma vez que perdemos o primeiro stint, não havia muito o que fazer ou lutar”, prosseguiu.

“A corrida perdemos no primeiro stint. Os pneus duros não fizeram o progresso que esperávamos para uma só parada, pois sofremos muitos com as rodas”, continuou.

Sainz lamentou os maus resultados nas últimas duas corridas do ano, que foram eventos que o jogaram para o sétimo lugar no campeonato. Lembrando que em Las Vegas ele foi punido por troca de componentes após um bueiro se desprender da pista e danificar seu carro.

“Não foi um final de temporada bom para mim, desde Las Vegas. Essas últimas duas corridas não sairam como eu esperava e como gostaria. Tiveram muitas coisas positivas, mas, agora, é difícil pensar, pois as últimas corridas não foram como gostaria. Mas quando dormir, vou acordar com melhor humor amanhã e olharei as coisas positivas, pois sei que existem”, finalizou.

Veja DEBATE sobre o GP de Abu Dhabi, que encerrou a F1 2023

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se GP de Las Vegas de fato teve sucesso

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Pérez se livra de punição por rádio polêmico
Próximo artigo F1: Verstappen 'vira' jornalista e entrevista Alonso no cercadinho; veja

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil