F1: Sainz 'não quer ser como Barrichello' na Ferrari e projeta título

Piloto espanhol afirmou que não chegou à equipe para ser segundo piloto e disse faltar pouco para estar totalmente adaptado ao carro

F1: Sainz 'não quer ser como Barrichello' na Ferrari e projeta título

Carlos Sainz chegou à Ferrari em 2021 e muito se comentou sobre a posição do piloto dentro da equipe. Com a experiência, liderança e tempo de casa de Charles Leclerc, o espanhol logo foi cogitado como segundo piloto. No entanto, ele disse que não foi à escuderia para isso e teve Rubens Barrichello como exemplo.

Seu objetivo é ser campeão da Fórmula 1, e não ajudar o monegasco a conquistar o título como foi com o brasileiro, que apesar de rápido, precisou ser escudeiro de Michael Schumacher. A prioridade para ele no momento é se adaptar totalmente ao carro e recuperar o estilo "agressivo" que tinha na McLaren, onde ganhou duas vezes de Lando Norris.

Leia também:

Questionado pelo jornal espanhol Marca se ficaria feliz recebendo o mesmo papel de Barrichello com Schumacher, Sainz respondeu: "Claro que não. Quero ser campeão do mundo, é para isso que luto todos os dias. Só o tempo dirá se terei sucesso, mas esta é minha meta."

"Cheguei sem esperar muito de mim e sem colocar expectativas muito altas porque tive só um dia e meio para aprender como era o carro. Acho que dei umas 150 ou 200 voltas antes da primeira corrida. Você chega a uma equipe como a Ferrari, tem que aprender como o time funciona e em uma prova já tenho que estar à altura."

Sainz está bem próximo de Leclerc no campeonato de construtores, ele tem 97,5 pontos contra 104 do companheiro e mais pódios que ele: 2 a 1. A maior diferença fica no placar de qualificações: 11 a 3 para o monegasco. Segundo o espanhol, falta pouco para ele ter o melhor rendimento e melhorar os números.

"Estou longe de tirar 100% do carro", comentou. "Apesar disso, vejo a minha posição no campeonato, perto de quem estou e de onde quero estar e penso que se continuar trabalhando assim, não vai demorar muito."

"Eu vejo [Leclerc] com mais confiança com o carro. Eu não sou ainda o Carlos agressivo da McLaren. Não tenho esse feeling com o carro que gostaria de ter. Quero ser arrojado e dar esse último passo em termos de largada e ultrapassagens", concluiu.

'Resposta' de Dudu

Mais tarde, Dudu Barrichello, filho de Rubens Barrichello, piloto da Fórmula Regional Europeia, comentou a declaração do piloto espanhol, dizendo que foi "desnecessário" e que Sainz "não conquistou metade do que meu pai conquistou".

'Resposta' de Dudu Barrichello a Carlos Sainz

'Resposta' de Dudu Barrichello a Carlos Sainz

Photo by: Divulgacao

F1: SAINZ ridicularizou BARRICHELLO? Entenda CONTEXTO da declaração do espanhol sobre brasileiro

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Caótico GP da Itália acirra ainda mais rivalidade Hamilton x Verstappen na F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Ultrapassagens, percepção, atenção: Prost analisa por que muitos preferem a F1 do passado

Artigo anterior

Ultrapassagens, percepção, atenção: Prost analisa por que muitos preferem a F1 do passado

Próximo artigo

F1 - Honda: Retorno difícil com McLaren foi fundamental para construir campanha por título

F1 - Honda: Retorno difícil com McLaren foi fundamental para construir campanha por título
Carregar comentários