F1: Verstappen diz que Hamilton merecia penalidade maior e explica

Holandês não acredita que teve parcela de culpa em incidente entre os dois na Grã-Bretanha e conta como se portou no momento

F1: Verstappen diz que Hamilton merecia penalidade maior e explica

Max Verstappen explicou porque acredita que o rival do título de 2021 da Fórmula 1, Lewis Hamilton, merecia uma penalidade "mais severa" por causar o acidente no GP da Grã-Bretanha antes da audiência da FIA nesta quinta-feira (29) que revisará o lance.

Os pilotos colidiram enquanto lutavam pela liderança na curva Copse logo na primeira volta da corrida em Silverstone, resultando em um impacto de 51G para o holandês. O britânico recebeu uma penalidade de dez segundos por ter sido considerado predominantemente culpado, mas se recuperou e venceu a prova.

Leia também:

Verstappen e a Red Bull foram incisivos em suas críticas a Hamilton. O chefe da equipe, Christian Horner, chamando a punição de "branda" e, desde então, a escuderia austríaca apresentou um pedido para reaver o caso com a FIA.

Falando sobre o incidente pela primeira vez em público durante a coletiva de imprensa da F1, Max deixou claro que "não fez nada de errado".

"Lutei muito, defendi muito, mas sem ser agressivo, porque se fosse, poderia tê-lo empurrado ou espremido contra a parede", disse o piloto. "Eu dei espaço a ele e apenas abri meu canto. Quando você se compromete por dentro como ele fez e não desiste, esperando que possa fazer a mesma velocidade naquele ângulo que eu tinha do lado de fora, você vai, é claro, bater em mim."

"Estava abrindo minha curva esperando que ele não tocasse, mas acertou a parte traseira do meu carro", acrescentou.

Verstappen também criticou o castigo concedido ao britânico: “Basicamente, você elimina seu principal rival e, especialmente com a velocidade que temos, estamos quilômetros à frente da terceira melhor equipe."

"Ficaríamos facilmente 40, 50 segundos à frente em condições normais. Portanto, uma penalidade de dez segundos não faz nada. Então, definitivamente deveria ter sido mais severa."

O boletim dos comissários emitido após o incidente disse que Hamilton foi "predominantemente culpado" pelo acidente, inferindo que o holandês carregava alguma responsabilidade.

"Não sei como tenho uma porcentagem dessa batida”, disse Max. "Ele vai para aquela mudança de trajeto e se compromete com ela. Claro que vou tornar difícil para ele, mas assim que se compromete com o interior e fica ao meu lado, eu abro o canto, e então vou deixar espaço para ele."

“Eles não esperam que eu saia completamente da pista e mantenha posição. Então, do meu lado, estou um pouco surpreso, sim, que haja um pouco de culpa minha"

Hamilton conseguiu voltar ao primeiro lugar nos estágios finais em Silverstone, ultrapassando Charles Leclerc, da Ferrari, por dentro da Copse a quatro voltas do fim. Verstappen disse que a jogada do rival sobre o monegasco foi "um grande exemplo de que é possível não tocar" ao ultrapassar nessa curva.

“É claro que ele sabia que tinha o carro mais rápido, então era apenas uma questão de tempo para passar”, disse o holandês. “Mostrou que é possível ir por dentro, mas depois sair mais, desacelerar e não acertar o outro."

“Eu acho que no meio da virada, eu estava realmente abrindo mais do que Charles fez. É um grande exemplo dentro da mesma corrida de que é possível lutar nessa curva", concluiu.

F1 2021: O ‘pós-guerra’ na Hungria: tudo sobre o GP em Budapeste com Rico Penteado | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Apesar de telefonema, Verstappen mantém crítica a Hamilton, que rebate
Artigo anterior

F1: Apesar de telefonema, Verstappen mantém crítica a Hamilton, que rebate

Próximo artigo

F1: Hamilton diz que repetiria ataque a Verstappen em Silverstone da mesma maneira

F1: Hamilton diz que repetiria ataque a Verstappen em Silverstone da mesma maneira
Carregar comentários