F1: Hamilton diz que repetiria ataque a Verstappen em Silverstone da mesma maneira

Inglês comentou sobre polêmicas do GP da Grã-Bretanha e refirmou posição sobre tentativa de ultrapassagem e comemoração após a corrida

Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, Lewis Hamilton Mercedes W12

Lewis Hamilton diz que atacaria Max Verstappen exatamente da mesma maneira que fez no GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 se a situação se repetisse.

Com a polêmica sobre a colisão entre os dois pilotos em Silverstone não mostrando nenhum sinal de término, os dois pilotos falaram longamente sobre o incidente pela primeira vez na Hungria, nesta quinta-feira (29).

Leia também:

Refletindo sobre os detalhes do acidente, o heptacampeão mundial deixou claro que não mudaria o que faria se a mesma coisa acontecesse novamente.

“Em termos de mudança, eu faria a mudança exatamente da maneira que provavelmente fiz da última vez”, explicou ele. “Em termos de como eu revisei e analisei, de toda a minha experiência, e minha experiência obviamente ao longo dos anos fala muito, eu não mudaria.”

Muitos compararam a abordagem do inglês para atacar Charles Leclerc, mais tarde na corrida. No entanto, o piloto da Mercedes disse que não via necessidade de desperdiçar energia explicando a diferença entre os dois movimentos.

“Eu definitivamente posso explicar, mas não vou explicar”, disse ele. “Estou competindo há 20 e só Deus sabe quantos anos. Sei navegar pelas curvas e [fazer] manobras de ultrapassagem, por isso não vou perder minha energia tentando explicar. Mas, definitivamente, vai ser difícil para as pessoas entenderem completamente.”

Hamilton também rejeitou as alegações de que suas comemorações pós-corrida no GP da Grã-Bretanha foram "desrespeitosas" porque Verstappen estava passando por exames no hospital naquele momento.

“Não acredito que nosso comportamento tenha sido desrespeitoso”, disse Hamilton. “Mas, como eu disse, uma coisa é saber e depois celebrar o que aconteceu, e outra é não saber e celebrar. E como eu disse a você, não estava ciente.”

“Mas é o meu GP em casa, e trabalhamos muito duro, sabe-se lá quanto tempo para conseguir um resultado como esse. E que momento monumental foi para nós, ter toda a multidão de casa, estar lá pela primeira vez, obviamente, já que o ano passado foi perdido e as emoções estavam altas.”

“Não foi como uma celebração intencional. Foi só a alegria de ver tantas pessoas celebrando, estando juntas, e essa é a emoção natural, não vou esconder minhas emoções. E foi uma sensação incrível ver tantas pessoas."

Hamilton confirmou que ligou para Verstappen após o GP para verificar o progresso do holandês, mas deu a entender que talvez eles permanecessem separados em suas opiniões sobre a situação.

“Eu liguei para Max depois da corrida para apenas verificar se ele se sentia bem e informá-lo de que o respeito ainda existe”, disse ele. "Talvez não seja correspondido, mas tudo bem."

Red Bull antecipa AÇÃO DRÁSTICA pós-BATIDA com Hamilton e clã Verstappen escancara REVOLTA com Wolff

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

 

.

 

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen diz que Hamilton merecia penalidade maior e explica
Próximo artigo F1 - Ricciardo: Verstappen "superou" erros que marcaram começo da carreira

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil