F1: Verstappen não mudará abordagem na luta contra Hamilton apesar de vantagem

Holandês falou ainda sobre não sentir a pressão na disputa pelo primeiro título na F1

F1: Verstappen não mudará abordagem na luta contra Hamilton apesar de vantagem
Carregar reprodutor de áudio

Max Verstappen chega ao GP do México com 12 pontos de vantagem para Lewis Hamilton no Mundial de Pilotos de Fórmula 1, com apenas cinco corridas pela frente. Mas, para o holandês, o aumento na vantagem não o fará mudar sua abordagem nas disputas roda a roda contra o rival.

Hamilton também acredita que a Red Bull será rápida no Autódromo Hermanos Rodríguez, já que a altitude e o ar rarefeito tradicionalmente favorecem as características do carro de Verstappen.

Leia também:

Até aqui, os dois acumulam duas batidas na temporada, em Silverstone e Monza, além de diversas disputas roda a roda. As comparações foram feitas aos incidentes entre Ayrton Senna e Alain Prost no auge da rivalidade, mas Verstappen defendeu que isso não é algo que passe pela sua cabeça.

"Não penso muito em lutas históricas entre dois pilotos, o que eles fizeram. Isso é o passado. Eu foco apenas no que faço na pista, tentando fazer o meu melhor. É assim que, no fim do dia, você conquista um campeonato. Você tem que pontuar o máximo possível e bater seu rival".

Questionado pelo Motorsport.com se ele mudaria sua abordagem ao batalhar contra Hamilton, tendo em mente a crescente vantagem na liderança, ele respondeu: "Na verdade, não".

"Minha abordagem será a mesma do ano todo. Sempre tento pontuar o máximo possível. Na pista, sempre tenho uma pilotagem dura, assim como a de Lewis e de todos, e claro, sempre tentamos manter a disputa limpa".

Lewis Hamilton, Mercedes W12 and Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B collide

Lewis Hamilton, Mercedes W12 and Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B collide

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

Falando na quinta, Hamilton fez uma referência ao fato de que Verstappen luta pelo seu primeiro título na F1, quando questionado sobre a pressão envolvida na disputa. Mas o holandês sente que não tem problemas para se manter calmo e lidar com a intensidade da batalha.

"Eu gosto do que faço, então isso tira a pressão. Não é a primeira vez que estou em uma luta por um campeonato. Sim, a primeira na F1, mas não na vida. No fim do dia, isso não muda muito, porque você precisa vencer, e é isso que vinha fazendo no passado também. Então só preciso buscar o mesmo aqui".

"Como já disse em corridas anteriores, quando tenho um carro capaz de vencer, vencerei. Quando o carro não for capaz de vencer, não vencerei".

F1 2021: JOGO DE EQUIPE da Red Bull, VEREDITO de Marko, DESABAFO de Andretti e + do GP do México | DIRETO DO PADDOCK

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #143 – TELEMETRIA: O que Mercedes e Hamilton têm que fazer para vencer no México

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton diz que respeito precisa ser central em batalha com Verstappen
Artigo anterior

F1: Hamilton diz que respeito precisa ser central em batalha com Verstappen

Próximo artigo

F1: Saiba em detalhes como foi primeiro treino livre do GP do México

F1: Saiba em detalhes como foi primeiro treino livre do GP do México