F1: Verstappen não vê garantias apesar da melhor pré-temporada com Red Bull

O holandês terminou o final de semana com o melhor tempo e boa quilometragem adquirida, tendo poucos problemas ao longo das sessões

F1: Verstappen não vê garantias apesar da melhor pré-temporada com Red Bull

Após três dias de testes da Fórmula 1 no Bahrein, Max Verstappen terminou como o mais rápido do grid, marcando um tempo de 01min28s960. E o holandês considera essa a sua melhor pré-temporada na categoria, mas afirmou que isso não oferece nenhuma garantia para o novo campeonato, que começará no final do mês.

Seu melhor tempo foi cerca de um décimo mais rápido que o de Yuki Tsunoda com a AlphaTauri, e mais de um segundo a frente do heptacampeão Lewis Hamilton e a Mercedes.

Leia também:

Mas Verstappen evitou ao longo do final de semana adotar o rótulo de favorito para a temporada, mesmo com a Mercedes afirmando no domingo que os dados provam que a equipe alemã está mais lenta que a Red Bull.

A equipe austríaca passou pela pré-temporada sem muitos problemas, o que permitiu a Verstappen e Sergio Pérez adquirirem mais quilometragem que a Mercedes.

Perguntado se essa seria a melhor pré-temporada de sua carreira, Verstappen respondeu: "Sim, definitivamente acredito que tenha sido a melhor. Mas isso não nos dá nenhuma garantia. Vamos descobrir onde estamos apenas na primeira corrida".

O teste bem-sucedido marca a continuação do momento positivo criado pela Red Bull a partir da boa vitória de Verstappen no GP de Abu Dhabi. O holandês ficou feliz que a pré-temporada foi "bem tranquila" e que "estava feliz com o progresso ao longo dos testes", mas sente que há uma janela para melhorar.

"Sempre olhamos para entender onde podemos melhorar", disse. "Certamente há algumas coisas que queremos trabalhar. Mas acredito que todas as equipes farão o mesmo".

Uma das fraquezas do RB16, modelo de 2020, foi sua instabilidade na traseira, mas a equipe parece ter resolvido a situação com o RB16B de 2021. Enquanto isso, a Mercedes parece ter adquirido esse problema. Já Verstappen afirmou estar confortável com seu carro.

"Sabíamos que perderíamos um pouco de downforce com esse assoalho. Mas, até aqui, tem sido bastante estável".

O engenheiro-chefe de corrida da Red Bull, Guillaume Rocquelin, ficou feliz que a equipe deu aos pilotos um início sólido da nova temporada.

"No geral, foram testes positivos. Três dias nunca seriam suficientes. Não acho que ninguém tenha pensado nisso. Mas em termos de tempo disponível, o que tiramos desses testes será bem útil".

"Temos uma base muito boa para construir e mal podemos esperar para voltar ao Bahrein em algumas semanas".

PRÉ-TEMPORADA F1: VERSTAPPEN é o mais rápido e HAMILTON tem PROBLEMAS com MERCEDES; veja RAIO-X

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
F1: Domenicali quer expansão global com corridas na África e "talvez na Coréia"
Artigo anterior

F1: Domenicali quer expansão global com corridas na África e "talvez na Coréia"

Próximo artigo

F1: Vettel sente que faltou completar mais 100 voltas com Aston Martin na pré-temporada

F1: Vettel sente que faltou completar mais 100 voltas com Aston Martin na pré-temporada
Carregar comentários