Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
19 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
33 dias
04 dez
Próximo evento em
75 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
82 dias

F1: Vettel critica largadas paradas após bandeiras vermelhas em Mugello

compartilhar
comentários
F1: Vettel critica largadas paradas após bandeiras vermelhas em Mugello
Por:
Co-autor: Luke Smith, Editor

Tetracampeão ficou contrariado ao ter que largar três vezes no GP da Toscana

O 1000º GP da Ferrari na Fórmula 1 parecia reservar um desastre para a equipe, devido à performance nos treinos e falta de ritmo do carro em Mugello, circuito de alta. Porém, o dia terminou com uma pequena soma de pontos, graças ao oitavo lugar de Charles Leclerc e décimo de Sebastian Vettel.

Os pilotos da Scuderia, especialmente o tetracampeão Vettel, se beneficiaram de vários acidentes na corrida de Mugello, embora o alemão quase tenha abandonado quando danificou sua asa dianteira no início ao tocar a McLaren de Carlos Sainz.

Leia também:

No entanto, Seb considerou que as duas bandeiras vermelhas e suas relargadas não foram uma coisa positiva.

"Não me lembro de ter feito tantas largadas, costumamos fazer uma", disse Vettel, que discordou da regra. Segundo ele, isso coloca alguns pilotos em maior desvantagem diante da sujeira na pista.

"Devo dizer que não sou um grande fã desta regra, porque se você estiver do lado limpo da pista você tem uma grande vantagem em relação ao piloto que estiver do lado sujo."

"Em Monza vimos que no meio da corrida havia muita sujeira fora do traçado ideal, por isso não acho que seja justo."

Vettel indicou que a Fórmula 1 deve prestar atenção em equilibrar o pelotão em condições normais de corrida, em vez de olhar para o show com as relargadas após a paralisação.

"Acho que devemos nos concentrar em criar carros que possam ultrapassar e não em fazer uma loteria."

Os incidentes deixaram de fora carros que foram mais rápidos que a Ferrari do alemão no treino classificatório, como os de Max Verstappen, Lando Norris, Esteban Ocon e Lance Stroll, mas ele diz que isso não o afetou.

“Não fez grande diferença para nós. Lutamos muito e tentamos de tudo para somar pontos. Tivemos um final disputado com Kimi, mas fizemos tudo o que podíamos. "

“Não fomos rápidos o suficiente. Há mais de uma razão pela qual sabemos que nosso carro não é rápido o bastante, mas hoje acho que esperaríamos ter um ritmo de corrida melhor, então temos que analisar.”

PÓDIO: GP da Toscana tem acidente bizarro e surpresas no "meio do bolo"

PODCAST: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

VÍDEO: Veja acidente que tirou Verstappen do GP da Toscana de F1

Artigo anterior

VÍDEO: Veja acidente que tirou Verstappen do GP da Toscana de F1

Próximo artigo

VÍDEO: Confira como halo protegeu Sainz em 'engavetamento' da F1

VÍDEO: Confira como halo protegeu Sainz em 'engavetamento' da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luis Ramírez