Fórmula 1
R
GP de Eifel
09 out
Próximo evento em
19 dias
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
33 dias
04 dez
Próximo evento em
75 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
82 dias

F1: Bottas não se vê como culpado de incidente de relargada em Mugello

compartilhar
comentários
F1: Bottas não se vê como culpado de incidente de relargada em Mugello
Por:
, Editor

Finlandês se defendeu das acusações de que teria sido o principal causador do engavetamento do início do GP da Toscana

Valtteri Bottas sentiu que não foi o culpado pelo acidente que causou a primeira bandeira vermelha no início do GP da Toscana, mas questionou a segurança das atuais regras de relargada.

Após um período de safety car devido a um incidente na volta inicial, a corrida de Mugello foi marcada com bandeira vermelha na volta nove, após um incidente com vários carros na reta de largada/chegada.

Leia também:

Antonio Giovinazzi, Kevin Magnussen, Nicholas Latifi e Carlos Sainz foram todos apanhados na colisão que viu muitos dos pilotos mais para trás acelerar mais cedo para o reinício do que os carros à frente.

Romain Grosjean reagiu ao incidente, dizendo que era “muito estúpido de quem quer que estivesse na frente".

Bottas foi visto ziguezagueando e conduzindo lentamente o grid para a linha de reinício, mas disse não ser o culpado pela colisão por ter agido dentro das regras.

"Temos permissão para correr a partir da linha de controle, que eu acho que está lá há algum tempo", disse Bottas.

“A diferença este ano é o safety car, eles estão apagando as luzes bem tarde, então você pode abrir uma diferença bem tarde.”

“É claro que quando você está na liderança, você tenta maximizar suas chances, e eu não sou culpado por isso. Todos podem olhar para tudo o que quiserem, eu estava fazendo uma velocidade consistente.”

"Sim, acelerei tarde, mas começamos a correr da linha de controle, não antes disso. Os caras atrás que bateram por causa disso podem se olhar no espelho. Não adianta reclamar."

Bottas questionou a segurança dos procedimentos e regras atuais.

"Não sei quem decide o que está acontecendo com os carros de segurança, mas eles estão tentando tornar o show melhor desligando as luzes mais tarde, então você não pode abrir uma diferença cedo e ir para a curva antes do início da corrida," disse Bottas.

"Talvez seja hora de pensar se isso é certo e seguro a fazer."

Lewis Hamilton defendeu as ações de Bottas, dizendo que seu companheiro de equipe não tinha culpa e que a responsabilidade deveria caber aos criadores de regras da F1.

"Não é absolutamente culpa do Valtteri, são os tomadores de decisão", disse Hamilton. "Eles estão obviamente tentando tornar tudo mais emocionante, mas no final das contas hoje você viu que eles colocam as pessoas em risco, então talvez eles precisem repensar isso.”

"Eles estão desligando as luzes do safety car cada vez mais tarde, e estamos lá lutando por uma posição.”

“Então eles estão tentando tornar mais emocionante, mas hoje provavelmente foi um pouco acima do limite, talvez. Bottas fez o que qualquer um faria."

Alexander Albon, da Red Bull, sentiu que era "óbvio" que Bottas iria desacelerar antes de acelerar, e que os carros do meio de grid haviam tentado se prevenir, causando o acidente.

"Imagino que o meio saiba para onde vai Valtteri e está tentando acertar a manobra", explicou Albon.

"Se Valtteri não for quando eles acham que ele vai, é quando o efeito cascata acontece.”

"É muito fácil de ler. Mesmo os cinco primeiros estavam quase fazendo uma formação dupla, porque estávamos todos esperando a aceleração dele. É perigoso.”

"Acho que pistas como esta sempre vão ser difíceis com as longas retas, mas definitivamente algo poderia ter sido feito melhor."

F1 2020: Verstappen 'zicado', acidentes assustadores, polêmica com Bottas e vitória de Hamilton

PODCAST: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente 'onde os fracos não têm vez'?

 

Russell lamenta: "Ficar fora dos pontos é uma decepção amarga"

Artigo anterior

Russell lamenta: "Ficar fora dos pontos é uma decepção amarga"

Próximo artigo

VÍDEO: Veja acidente que tirou Verstappen do GP da Toscana de F1

VÍDEO: Veja acidente que tirou Verstappen do GP da Toscana de F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Toscana
Pilotos Valtteri Bottas
Autor Luke Smith