Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
26 dias
06 mai
Próximo evento em
68 dias
20 mai
Próximo evento em
82 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
96 dias
10 jun
Próximo evento em
103 dias
24 jun
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
138 dias
29 jul
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
180 dias
02 set
Próximo evento em
187 dias
09 set
Próximo evento em
194 dias
23 set
Próximo evento em
208 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
215 dias
07 out
Próximo evento em
222 dias
21 out
Próximo evento em
236 dias
28 out
Próximo evento em
243 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
279 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
288 dias

F1: Vettel diz que não tentou convencer Ferrari a continuar com ele

Alemão admitiu que, embora tenha ficado surpreso com a decisão da Ferrari em dispensá-lo após o término da temporada de 2020 da Fórmula 1, não tentou convencer Mattia Binotto a mudar de idei

compartilhar
comentários
F1: Vettel diz que não tentou convencer Ferrari a continuar com ele

Vettel acredita que não precisa entender as razões que levaram a Ferrari em optar por Carlos Sainz Jr para sua vaga em 2021.

"Não preciso entender a decisão da Ferrari, isso não muda nada para mim. Aceito totalmente sua decisão e quando Mattia Binotto me ligou, foi claro. Não tentei convencê-lo a continuar comigo", explicou Vettel em declarações à revista Racer.

“Acho - e muito - que quando uma porta se fecha, outra se abre e fiquei pensando um pouco em qual porta abrir. Isso não quer dizer que tivesse ofertas de todas as equipes, mas que queria saber bem o que fazer, se queria continuar na Fórmula 1 ou não. Finalmente, tomei uma decisão e abri uma nova porta com a Aston Martin", completou.

Leia também:

No final, sua decisão foi continuar na Fórmula 1 e ele seguirá como piloto da Aston Martin, mas descarta continuar competindo na categoria aos 40 anos.

“Não me vejo na Fórmula 1 aos 40 anos. Terei mais dois anos, mas não me vejo por mais dez anos aqui. Vendo tudo o que conquistei neste esporte, tive que pensar por muito tempo o que queria e todos vocês sabem a decisão final. Vamos ver no que dá”, disse.

Por fim, o tetracampeão reconhece que não vai se arrepender para o resto da vida por não ter sido campeão mundial com a Ferrari. O alemão saiu com um grande aprendizado e acredita que esses seis anos vestindo vermelho virão a calhar para os próximos anos com o verde da Aston Martin.

“Ganhar o título com a Ferrari seria importante, mas tenho certeza de que não vou me arrepender pelo o resto da vida de não ter ganhado. Tudo acontece por alguma razão e sinto que nesses últimos seis anos aprendi muito. Vai me ajudar durante o resto da minha carreira na Fórmula 1 e também fora dela”, concluiu.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1 CHATA? Ultrapassagens CAEM em 2020; saiba quais foram os GPs com MAIOR e MENOR número de MANOBRAS

 

Aston Martin promete "identidade nova e moderna" e maior transferência de tecnologia para carros de rua

Artigo anterior

Aston Martin promete "identidade nova e moderna" e maior transferência de tecnologia para carros de rua

Próximo artigo

F1: Acerto de Sainz com Ferrari deixou Giovinazzi "magoado"

F1: Acerto de Sainz com Ferrari deixou Giovinazzi "magoado"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Autor Redação Motorsport.com