F1 - Villeneuve culpa Leclerc por abandono em Mônaco: "Voou contra a parede"

Campeão de 1997 da F1 também analisou a disputa entre Hamilton e Verstappen e os resultados de ambos em Mônaco

F1 - Villeneuve culpa Leclerc por abandono em Mônaco: "Voou contra a parede"

Charles Leclerc vinha em um ótimo final de semana com a Fórmula 1 em Mônaco, até a hora em que bateu sua Ferrari no final da classificação após garantir a pole position, o que comprometeu seu domingo. E para o campeão mundial Jacques Villeneuve, o monegasco é o único culpado pelo que aconteceu.

A batida de Leclerc não chegou a quebrar a caixa de câmbio, o que lhe renderia uma punição de cinco posições no grid. Mas, o que comprometeu sua corrida foi uma falha no eixo de transmissão do lado oposto à batida, área que não foi analisada pela Ferrari entre o sábado e o domingo.

Leia também:

Mas, para Villeneuve, a Ferrari não deve ser considerada culpada neste caso, e sim o piloto.

"Charles só pode culpar a si próprio: ele que voou contra a parede por culpa própria durante a classificação", disse Villeneuve à RTBF. "Além disso, vale a pena arriscar em Mônaco, na esperança de que tudo daria certo".

"Charles sairia da pole e a chance de vitória era grande. Isso é Mônaco. É preciso correr riscos".

"Se a equipe tivesse que trocar a caixa de câmbio ou fazer com o carro, teria que sair do pit lane, então correr o risco foi a decisão correta".

"Mas, em vez da caixa de câmbio, surpreendeu que foi o eixo de transmissão do lado esquerdo que quebrou no carro, mesmo que esse não tenha sido o lado danificado. Mesmo assim, era resultado do acidente".

Charles Leclerc, Ferrari

Charles Leclerc, Ferrari

Fotoğraf: Mark Sutton / Motorsport Images

Villeneuve falou ainda do triunfo de Verstappen que, junto com o bom dia de Sergio Pérez, renderam à Red Bull as duas lideranças da F1.

"Sabíamos que seria assim. Mas o problema com a Red Bull é que Sergio demorou a se acostumar com o carro. Ele não conseguiu ajudar a equipe taticamente".

"A Mercedes pôde correr riscos e, portanto, ganhou muito. Além disso, todos sabem do que Lewis é capaz. Suas batalhas acirradas com Max continuarão, com a Mercedes liderando em algumas pistas e a Red Bull em outras".

"Lewis não estava no seu melhor em Mônaco, visivelmente atrás dos rivais. Bottas tinha o mesmo carro, mas conseguiu se manter à frente e manter um bom ritmo no começo da corrida".

"Esta não é uma pista amigável para a Mercedes, e Lewis também não soube lidar com seus problemas. Mas houve algumas corridas em que ele estava atrás no passado, e Mônaco foi mais uma dessas corridas".

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Fotoğraf: Erik Junius

F1 2021: Saiba como a Ferrari VACILOU após batida de LECLERC em Mônaco e perdeu chance de VITÓRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: O GP de Mônaco ainda é o ponto alto da F1?

 

compartilhar
comentários
Como era o mundo quando um piloto da Honda liderou a F1 pela última vez
Artigo anterior

Como era o mundo quando um piloto da Honda liderou a F1 pela última vez

Próximo artigo

F1: Veja o que é um eixo de transmissão e como foi afetado na batida de Leclerc em Mônaco

F1: Veja o que é um eixo de transmissão e como foi afetado na batida de Leclerc em Mônaco
Carregar comentários