F1: Williams explica ausência de homenagem a Senna em novo carro pela primeira vez em 27 anos

Segundo Jost Capito, chefe da equipe britânica, era hora de "seguir em frente" e piloto brasileiro terá espaço dedicado a ele em museu

F1: Williams explica ausência de homenagem a Senna em novo carro pela primeira vez em 27 anos
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da equipe Williams, Jost Capito, explicou por que a equipe removeu o icônico logotipo 'S' de Ayrton Senna de seus carros de Fórmula 1 após 27 anos. Desde 1995, primeira temporada depois da morte do brasileiro em Ímola, a equipe corria com a marca no bico de seu carro para homenagear o piloto, uma tradição que se manteve até o ano passado.

No entanto, ao revelar a pintura azul de seu novo monoposto para 2022, o FW44, notou-se que o adesivo havia sido removido.

Leia também:

Quando questionado sobre a decisão, Capito, disse que a equipe queria "seguir em frente" e parar de lembrar seus pilotos do que aconteceu no GP de San Marino de 1994. Em vez disso, a Williams continuará homenageando Senna com um espaço dedicado em seu museu.

"A decisão foi essa porque queremos seguir em frente no futuro", comentou o chefe da escuderia. "Temos uma nova era e um carro novo. E reformamos também nosso museu, e onde temos uma área especial para celebrar Ayrton."

"Acho que tínhamos que olhar agora para o futuro e não mostrar aos pilotos o 'S' ​​o tempo todo que eles entram no carro, assim sempre lembrando do que aconteceu. Então, acho que agora é hora do time seguir em frente, ser muito honrada com Senna, ter um espaço a ele dedicado no museu e honrá-lo lá."

Senna logo on the front wing of Williams FW42

Senna logo on the front wing of Williams FW42

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Capito acrescentou que a família Senna não foi consultada sobre a decisão, mas disse que os esforços para aumentar o trabalho com o Instituto Ayrton Senna estão em andamento.

"Nós não tivemos uma consulta com eles, mas estamos trabalhando com a fundação e vamos aumentar nosso esforço e trabalhar em como podemos apoiá-los. Acho que mais gente se beneficia disso. Se pudermos ajudar as pessoas, especialmente por meio do instituto, acho que seria muito bom, mas ainda precisa ser definido."

Criado no final de 1994, o Instituto Ayrton Senna é uma ONG brasileira, presidida pela irmã de Ayrton, Viviane, que arrecada dinheiro para apoiar jovens brasileiros com educação e programas sociais.

A Williams optou por não revelar o 'real' FW44 no lançamento online, optando por apresentar sua pintura em um show car. Os pilotos Alexander Albon e Nicholas Latifi realizam um shakedown do atual desafiante de 2022 na tarde desta terça-feira (15) em Silverstone.

O que a AlphaTauri REVELOU no lançamento do AT03, seu carro para a F1 2022?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #161: O que aprovamos e reprovamos para temporada 2022 da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Marko quer continuidade de Masi na F1: "Ele não foi o culpado por Abu Dhabi"
Artigo anterior

Marko quer continuidade de Masi na F1: "Ele não foi o culpado por Abu Dhabi"

Próximo artigo

F1: Após apresentar show car, Williams mostra FW44 'real' em Silverstone; confira

F1: Após apresentar show car, Williams mostra FW44 'real' em Silverstone; confira