Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
23 dias
06 mai
Próximo evento em
65 dias
20 mai
Próximo evento em
79 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
93 dias
10 jun
Próximo evento em
100 dias
24 jun
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
135 dias
29 jul
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
177 dias
02 set
Próximo evento em
184 dias
09 set
Próximo evento em
191 dias
23 set
Próximo evento em
205 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
212 dias
07 out
Próximo evento em
219 dias
21 out
Próximo evento em
233 dias
28 out
Próximo evento em
240 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
276 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
285 dias

F1: Williams quer foco no carro de 2022, mas sem sacrificar 2021

Segundo Simon Roberts, no começo do ano o foco é no modelo deste ano, mas mudará para 2022 cedo para não criar atrasos

compartilhar
comentários
F1: Williams quer foco no carro de 2022, mas sem sacrificar 2021

A Fórmula 1 chega a 2021 já olhando para o grande desafio de 2022, com um carro que será radicalmente diferente do atual. Para a Williams, que busca sair da crise que enfrenta há anos, o modelo do próximo ano força a equipe a ser mais "cautelosa" com o planejamento e produção, mas que isso não sacrificará o trabalho em cima do carro de 2021.

Com a grande mudança que o regulamento de 2022 representa, com a F1 passando a usar novos carros com efeito solo, as equipes sabem que não podem ficar atrasadas nessa corrida, para não correr o risco de começar o próximo ano para trás em comparação com as rivais.

Leia também:

O chefe da Williams, Simon Roberts, disse que o foco será em garantir que o carro de 2022 seja o melhor possível, mas que a equipe não pode sacrificar o trabalho em cima de atualizações para 2021.

"As regras de 2022 são uma grande oportunidade para as equipes, mas é um grande risco também", disse Roberts. "O que estamos focados é que nada será mantido de 2021 para 2022. Então não podemos atrasar em nada".

"Com isso, precisamos ser ainda mais cautelosos com nosso programa. Estamos listando tudo que precisamos para a primeira corrida de 2022 e voltando para o desenvolvimento, para entender o quanto de espaço vamos precisar na fábrica".

Roberts disse que a partir do momento que a equipe souber o quanto de recursos precisará para o projeto de 2022 saberá o quanto poderá dedicar a 2021.

"Definitivamente temos pessoas, túnel de vento, simulação digital no começo do ano para o desenvolvimento do carro de 2021, esse é o nosso foco inicial".

"Haverá um ponto de cruzamento entre 2021 e 2022. Quando isso será? Não sei. Mas sei que não será agosto. Nesse momento já estaremos 100% focados em 2022. Mas também não será ainda em janeiro. Nesse meio tempo, vamos mudar o foco".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

McLaren corre contra o tempo e é primeira equipe a ligar motores; entenda o porquê

PODCAST: Vettel, Alonso, Ricciardo, Pérez ou Sainz? Quem entra em 2021 mais pressionado?

F-E divulga mais seis provas para temporada 2021, incluindo Mônaco, Valência e Santiago; confira calendário

Artigo anterior

F-E divulga mais seis provas para temporada 2021, incluindo Mônaco, Valência e Santiago; confira calendário

Próximo artigo

F1: Entenda por que campeonato de 1991 foi o mais difícil para Senna

F1: Entenda por que campeonato de 1991 foi o mais difícil para Senna
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Williams
Autor Jonathan Noble