"Wolff é mais profissional que Horner", diz ex-piloto e ex-chefe de equipe da F1

Segundo Albers, Wolff sempre conversa com os engenheiros, enquanto Horner não tem nem ideia dos aspectos tecnológicos

"Wolff é mais profissional que Horner", diz ex-piloto e ex-chefe de equipe da F1

Christijan Albers, que esteve presente na Fórmula 1 como piloto nos anos 2000 e, posteriormente, como chefe de equipe, comparou dois dos principais nomes envolvidos na disputa de 2021: os comandantes de Mercedes e Red Bull, Toto Wolff e Christian Horner, afirmando que o austríaco é um gestor melhor que seu rival, além de ser mais profissional.

Albers chegou à F1 em 2005, correndo pela Minardi. No ano seguinte foi piloto da Midland e em sua última temporada, a de 2007, defendeu a Spyker. Neste período, o holandês conquistou apenas quatro pontos em 46 provas disputadas, sendo que todos esses foram somados no polêmico GP dos Estados Unidos, quando foi o quinto colocado de seis carros.

Leia também:

Após sua saída da F1, seguiu como piloto no DTM em 2008 e no WEC em sua temporada inaugural, 2012, antes de se aposentar das pistas em 2013. Albers seguiu ligado ao automobilismo e no meio de 2014 foi nomeado chefe da equipe Caterham na F1, que encerrou seus trabalhos no final do mesmo ano.

Assim, o ex-piloto teve a oportunidade de experimentar a responsabilidade de comandar uma equipe na categoria-rainha, mesmo que longe do que estão vivendo Wolff e Horner nesta temporada.

O duelo Lewis Hamilton - Max Verstappen deve entrar para a história como um dos mais intensos do esporte, e suas equipes acabam levando essa disputa a outro patamar. O vaivém de acusações não para e, com apenas duas provas para o fim, o paddock vive um clima de "paz armada".

Em entrevista ao jornal holandês De Telegraaf, Albers opinou sobre a situação tensa entre Wolff e Horner, comparando os chefes de equipe.

"Foi muito divertido, acho ótimo que estejam juntos. Não sou um grande fã nem de Toto e nem de Christian, mas devo dizer que Wolff sabe gerenciar melhor as coisas, é muito mais profissional".

Albers indicou que o chefe da Red Bull se comporta de forma demasiadamente emocional diante das câmeras. E isso se viu no Catar, com Horner fazendo duras críticas a um fiscal de pista após a penalização de Verstappen, levando uma advertência dos comissários.

"Toto está sempre conversando com os engenheiros, perguntando o que estão fazendo e como. É melhor em coisas técnicas do que Christian, ele não tem ideia e nem pergunta aos engenheiros quando se trata de aspectos tecnológicos".

Mercedes e Red Bull voltam a se encontrar no GP da Arábia Saudita, na estreia do circuito de Jeddah, e Verstappen terá a chance do primeiro match point, enquanto Hamilton pode inclusive virar o jogo contra o rival antes da final em Abu Dhabi.

ALONSO na RED BULL? Veja 'FLERTES' do piloto com equipes da F1 e saiba como ele quase parou na BRAWN

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #148: O jogo virou a favor da Mercedes? Quem é o favorito ao título?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Todt elogia foco e 'frieza' de Verstappen: "Me lembra Raikkonen"
Artigo anterior

F1 - Todt elogia foco e 'frieza' de Verstappen: "Me lembra Raikkonen"

Próximo artigo

F1: Hamilton acredita em Verstappen muito mais forte com experiência

F1: Hamilton acredita em Verstappen muito mais forte com experiência
Carregar comentários