F1: Wolff tem dúvidas se corrida sprint seguirá no próximo ano

Formato "confuso" e recompensa não atrativa fazem o chefe da Mercedes não ser o maior fã da nova sessão classificatória da categoria

F1: Wolff tem dúvidas se corrida sprint seguirá no próximo ano

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, acredita que o formato da corrida sprint da Fórmula 1 deixa "todos confusos", já que os pilotos são desencorajados a correr riscos na sessão de sábado para não comprometer o GP de domingo. A categoria decidiu testar corridas de curta distância em três eventos em 2021, com as provas de 100 km definindo o grid para a etapa completa.

As duas realizadas até agora, em Silverstone e Monza, produziram resultados mistos, na melhor das hipóteses. A ordem foi amplamente estabelecida após a primeira volta, já que a falta de pit stops e ultrapassagens significava que os pilotos geralmente se resignavam a seguir o pelotão.

Leia também:

Com apenas alguns pontos em jogo para os três primeiros e o resultado definindo o grid para a corrida de domingo, Wolff acredita que os pilotos são desencorajados a correr qualquer risco na sprint, porque o equilíbrio entre risco e recompensa não está certo.

"Em primeiro lugar, todo mundo está confuso", disse ele. "Acredito que o formato da corrida de classificação, tal como está no momento, não traz muitos benefícios porque ninguém vai se arriscar."

"Há muito poucos pontos em jogo e o risco de comprometer seu GP, com pontos até a 10ª posição, faz não valer a pena o esforço. Então, o que vimos é uma combinação de dificuldades gerais de ultrapassagem porque as velocidades em linha reta são muito semelhantes, mas também porque, mesmo nas curvas 1 e 2, ninguém tenta", acrescentou.

Valtteri Bottas, Mercedes W12, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, Daniel Ricciardo, McLaren MCL35M, Lando Norris, McLaren MCL35M, and the rest of the field at the start

Valtteri Bottas, Mercedes W12, Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B, Daniel Ricciardo, McLaren MCL35M, Lando Norris, McLaren MCL35M, and the rest of the field at the start

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

Wolff disse que a F1 acertou em testar o formato e espera que ele produza melhores resultados em Interlagos, no GP de São Paulo, para quando a terceira e última corrida sprint de 2021 está programada. No entanto, ele acredita que deve haver modificações no ano que vem.

"Acho que vamos tentar de novo no Brasil e ver se alguma coisa muda, mas foi uma experiência que para mim, e isso é apenas uma opinião pessoal ou dos meus engenheiros aqui, não é peixe, não é carne. Acho que vale a pena tentar, mas não tenho certeza se vamos mantê-las."

Giaffone OPINA sobre BATIDA Verstappen/Hamilton, dá BASTIDORES dos comissários e projeta RIVALIDADE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Caótico GP da Itália acirra ainda mais rivalidade Hamilton x Verstappen na F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Como estão McLaren e Honda em números quatro anos depois de "separação"
Artigo anterior

F1: Como estão McLaren e Honda em números quatro anos depois de "separação"

Próximo artigo

F1: Alonso coloca Alpine como melhor equipe do meio do pelotão

F1: Alonso coloca Alpine como melhor equipe do meio do pelotão
Carregar comentários