F1: Zhou capota e traz bandeira vermelha no GP da Grã-Bretanha

Chinês foi tocado na largada e foi parar na barreira de pneus com carro virado

F1: Zhou capota e traz bandeira vermelha no GP da Grã-Bretanha
Carregar reprodutor de áudio

Zhou Guanyu, da Alfa Romeo, está consciente e foi levado ao centro médico de Silverstone para avaliação após um acidente na primeira curva no Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1.

O piloto chinês, que havia largado em nono, capotou na descida para a curva de abertura Abbey, enquanto os pilotos aceleravam desde o início.

Leia também:

Seu carro então saltou de cabeça para baixo através da caixa de brita antes de rolar sobre as barreiras de proteção e acabar de lado, tendo sido parado apenas pela cerca.

A corrida foi imediatamente sinalizada com bandeira vermelha e comissários e equipes médicas chegaram rapidamente ao local. Zhou foi retirado do carro e levado para o centro médico da pista.

O acidente foi desencadeado por Pierre Gasly, largando atrás de Zhou, ficando imprensado entre a Alfa Romeo à sua esquerda e George Russell à direita na descida para a curva 1.

Russell mais tarde parou na primeira curva com o pneu traseiro esquerdo solto da roda. Tendo visto o carro de Zhou disparado sobre as barreiras, ele correu para verificar o piloto chinês.

Mais atrás, houve um incidente separado, quando a Williams de Alex Albon foi lançada direto no muro dos boxes depois de ser atingida por trás por Sebastian Vettel.

O carro danificado de Albon foi então atingido por outros carros enquanto girava para fora, com Yuki Tsunoda e Esteban Ocon sendo apanhados na confusão.

Um comunicado da FIA confirmou que Zhou e Albon estavam conscientes após os incidentes e sendo examinados pela equipe médica.

“A FIA informa que, após o incidente no início da corrida, equipes de emergência foram imediatamente atendidas e os pilotos do carro 23 (Albon) e do carro 24 (Zhou) foram levados ao centro médico.

“Ambos os pilotos estavam conscientes e serão avaliados no centro médico. Outras atualizações serão dadas oportunamente."

Mais adiante na volta, os oficiais da pista e a polícia tiveram que lidar com os manifestantes que invadiram a pista na volta inicial depois que a bandeira vermelha foi colocada.

Um comunicado da F1 disse: “Podemos confirmar que após a bandeira vermelha, várias pessoas tentaram entrar na pista.

“Essas pessoas foram imediatamente removidas e o assunto agora está sendo tratado pelas autoridades locais.”

Mais tarde, a Alfa Romeo falou sobre o estado de saúde do chinês: "Zhou está consciente, ele está falando, não há fraturas. Considerando as circunstâncias, isso é muito bom."

F1 AO VIVO: acompanhe DEBATE sobre a corrida em SILVERSTONE

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #184 - Felipe Kieling, da Band, revela como foi substituir Mariana Becker na cobertura da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

compartilhar
comentários
F1 - Hamilton condena vaias a Verstappen em Silverstone: "somos melhores que isso"
Artigo anterior

F1 - Hamilton condena vaias a Verstappen em Silverstone: "somos melhores que isso"

Próximo artigo

F1: Sainz vence GP da Grã-Bretanha caótico marcado por acidente de Zhou

F1: Sainz vence GP da Grã-Bretanha caótico marcado por acidente de Zhou