Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
61 dias
06 mai
Próximo evento em
103 dias
20 mai
Próximo evento em
117 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
131 dias
10 jun
Próximo evento em
138 dias
24 jun
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
173 dias
29 jul
Próximo evento em
187 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
215 dias
02 set
Próximo evento em
222 dias
09 set
Próximo evento em
229 dias
23 set
Próximo evento em
243 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
250 dias
07 out
Próximo evento em
257 dias
21 out
Próximo evento em
271 dias
28 out
Próximo evento em
278 dias
05 nov
Próximo evento em
286 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
299 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
314 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
323 dias

Ferrari: Soluções rápidas são possíveis para “deficiências óbvias” de carro atual

compartilhar
comentários
Ferrari: Soluções rápidas são possíveis para “deficiências óbvias” de carro atual
Por:

Escuderia italiana espera ser capaz de identificar fraquezas de seu carro “rapidamente” uma vez que o time diz ter solucionado mistério por trás dos problemas que foram “reforçados” em sua última derrota

A derrota para Mercedes no GP da Espanha expôs as limitações da Ferrari, uma vez que os rivais alemães conseguiram chegar a cinco dobradinhas em cinco provas neste ano.

Apesar das atualizações aerodinâmicas e um novo motor, a Ferrari permaneceu incapaz de explorar todo o potencial que o modelo SF90 deu sinais de possuir.

Leia também:

Perguntado pelo Motorsport.com se as fraquezas encontradas pelo time em Barcelona foram diferentes das encontradas nas primeiras corridas, o chefe da Ferrari, Mattia Binotto disse: “As limitações que tivemos estavam presentes desde o início da temporada.”

“Eu penso que todo o fim de semana na Espanha reforçou isso, e (as fraquezas) são simples e óbvias. Quanto tempo vai demorar (para resolver) é difícil de responder. Acredito que o mais importante para nós é entender como lidar com esses problemas. Depois, tenho quase certeza que poderemos resolver facilmente.”

Binotto disse que as atualizações introduzidas até agora funcionaram como esperado, levando a suposições de que a Ferrari pode estar sofrendo de limitações mecânicas em sua performance geral.

Muitos times têm tido problemas em fazer os pneus de espessura reduzida da Pirelli funcionarem na temporada 2019, com Max Verstappen, da Red Bull, chegando a dizer que a Mercedes possui o único conjunto capaz de explorar os novos pneus ao máximo.

Binotto disse: “Os pneus são difíceis de gerenciar, isso é verdade. Pneus são um fator crucial da performance do carro, então seu gerenciamento e otimização é um ponto chave para o desempenho geral do carro em si.”

“Os pneus desse ano estão se comportando de forma diferente comparados aos do ano passado. Devo dizer que do ponto de vista da Pirelli, eles atingiram seu objetivo, os pneus não estão criando bolhas - o que é certamente, do ponto de vista de segurança, uma boa razão.”

“Mas compreender, lidar e otimizar a performance é parte de nosso trabalho e, devo dizer, certamente não é algo óbvio, não é simples e não é uma tarefa fácil.”

“No último fim de semana, tivemos várias situações. A temperatura da pista estava muito diferente do sábado de manhã para a tarde, e isso é parte dos dados que precisamos analisar durante o fim de semana para entender o comportamento do carro.”

Mattia Binotto, Team Principal Ferrari

Mattia Binotto, Team Principal Ferrari

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Mercedes: Largada lenta de Bottas na Espanha não foi causada por problemas de embreagem

Artigo anterior

Mercedes: Largada lenta de Bottas na Espanha não foi causada por problemas de embreagem

Próximo artigo

Pilotos da F1 se dizem preocupados com falta de ultrapassagens em Zandvoort

Pilotos da F1 se dizem preocupados com falta de ultrapassagens em Zandvoort
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari
Autor Scott Mitchell