FIA encerra mistério e revela novo conceito de carro de 2026 da F1

Saiba detalhes do carro que deve trazer uma “revolução moderada” para a categoria, que pretende deixar os vículos mais leves e menores

F1 2026 FIA car renders

A FIA revelou as primeiras imagens de como poderão ser os novos carros de 2026 da Fórmula 1, com as regras definidas para aprovação ainda este mês.

Antes do GP do Canadá, a FIA delineou os principais detalhes do conceito de carro “ágil” que chegará junto com as novas unidades de potência e o uso obrigatório de combustível totalmente sustentável.

Leia também:

Apresentando aerodinâmica ativa, os novos carros serão 30 kg mais leves que os atuais e serão mais curtos e mais estreitos.

A distância entre eixos está sendo reduzida de 3.600 mm para 3.400 mm, com a largura dos carros caindo de 2.000 mm para 1.900 mm. Além disso, a largura máxima do piso será reduzida em 150 mm.

Embora a F1 mantenha o tamanho das rodas de 18 polegadas que está presente desde 2022, a largura dos pneus dianteiros será reduzida em 25 mm e a traseira em 30 mm – embora se espere que isso não resulte numa perda significativa de aderência.

Como parte de um esforço para tornar o chassi perfeitamente adequado às novas regras de motor, bem como ajudar os carros a se seguirem melhor, o downforce foi reduzido em 30% e o arrasto em 55%.

Os principais elementos aerodinâmicos do carro, que possuem asas móveis, foram projetados de forma a minimizar o fenômeno do ar sujo que é tão prejudicial às corridas.

F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
F1 2026 FIA: renders de carros
10

Isso inclui uma asa dianteira mais estreita, a remoção dos arcos das rodas dianteiras e placas de controle de esteira das rodas na frente dos sidepods.

Na traseira do carro, haverá uma asa traseira ativa de três elementos, com placas terminais simplificadas, com a asa inferior sendo removida.

Escondidos da vista, os carros de F1 de 2026 contarão com piso parcialmente plano e difusor de menor potência para reduzir o efeito de solo e não tornar o desempenho tão dependente de configurações ultra rígidas e de baixa altura de condução.

Os carros também contarão com elementos de segurança aprimorados, incluindo uma estrutura de impacto frontal de dois estágios e proteção aprimorada contra intrusões laterais. As cargas do roll hoop também estão sendo aumentadas de 16G para 20G, enquanto as luzes da placa final da asa traseira ficarão mais brilhantes.

O diretor de monopostos da FIA, Nikolas Tombazis, classificou os novos regulamentos como uma “revolução moderada”, mas considerou que eles se encaixavam perfeitamente no que a F1 deveria ser.

“Com este conjunto de regulamentos, a FIA procurou desenvolver uma nova geração de carros que estivessem totalmente em contato com o DNA da Fórmula 1”, disse ele.

“Carros que são leves, extremamente rápidos e ágeis, mas que também permanecem na vanguarda da tecnologia, e para conseguir isso trabalhamos no que chamamos de conceito de ‘carro ágil’.

“Mais leves, mais potentes e mais focados nas habilidades dos pilotos, os Regulamentos Técnicos da Fórmula 1 da FIA 2026 foram projetados para proporcionar corridas mais próximas entre os pilotos, aumentar a competição entre as equipes e melhorar o espetáculo.”

O presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, acrescentou: “Nosso objetivo, juntamente com a Fórmula 1, era produzir um carro que fosse certo para o futuro da categoria de elite do esporte. Acreditamos que alcançamos esse objetivo.”

As novas regras de 2026 serão ratificadas em uma reunião do Conselho Mundial do Automobilismo da FIA em 28 de junho.

RICO PENTEADO analisa possível CAOS por causa da CHUVA no Canadá e o NOVO CARRO da F1 de 2026

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast Motorsport.com debate: Como demissão de Ocon impacta no mercado da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Alpine à venda? CEO da Renault revela o que fará com equipe
Próximo artigo Fim do DRS e impulso de potência: entenda o regulamento da F1 2026

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil