Últimas notícias
Fórmula 1 GP da Espanha

Fórmula 1 teria oferecido cargo importante a Vettel na direção; saiba mais

Visita do tetracampeão ao paddock pode ter ido muito além de apenas uma visita aos amigos

Sebastian Vettel, Aston Martin, waves to fans at the end of his last F1 race

A presença de Sebastian Vettel no paddock durante o GP de Mônaco obviamente não passou despercebida. Acompanhado do pai, Norbert, o tetracampeão visitou as antigas equipes, encontrou com Lewis Hamilton e terminou a 'turnê' com um jantar na Ferrari. No entanto, o retorno de Vettel à Fórmula 1 seis meses após a aposentadoria pode não ter sido apenas uma visita de lazer.

Muito atenta às iniciativas relacionadas de sustentabilidade, incluindo a meta de neutralizar as emissões de carbono até 2030, a Liberty Media e a F1 vêm pensando há algum tempo em contar com a ajuda do tetracampeão nessa área, com Stefano Domenicali pessoalmente envolvido nisso.

Leia também:

Surgiu no paddock a informação de que Vettel teria recebido uma oferta para ocupar o papel de Sustentability Manager (Gerente de Sustentabilidade), ou seja, a pessoa responsável pelos delicados projetos de sustentabilidade que a F1 vem realizando há alguns anos.

A meta de tornar-se carbono neutro até 2030 é vista como ambiciosa mas, para além disso, existe a vontade e a necessidade de apostar em novas iniciativas, que possam garantir à F1 um futuro em linha com as mudanças que ocorrem em todos os setores.

Vettel cairia como uma luva nessa tarefa. Obviamente o alemão tem uma longa experiência de pista e paixão pelo esporte mas, ao mesmo tempo, está ligado há anos a iniciativas verdes e a causa da sustentabilidade.

Os rumores falam de uma oferta feita por Domenicali para a tarefa de tamanha envergadura e, agora, a bola estaria nas mãos de Vettel, o que marcaria seu retorno ao esporte, mas agora em condições bem diferentes.

Por outro lado, fontes ligadas à categoria negam que o convite foi feito, afirmando que Vettel e Domenicali apenas assistiram juntos ao TL2 em Mônaco.

O cargo não seria tão marginal quanto se pensa, já que a F1 teme o impacto que teria ao não adotar campanhas mais 'verdes'. A Liberty Media pensa a longo prazo e, sem dúvidas, neste cenário, ter alguém como Vettel teria um valor agregado, não apenas como imagem, que jogaria para os dois lados.

Já para Vettel, esse cargo pode ser a culminação de algo que vinha defendendo com ímpeto em suas últimas temporadas como piloto.

Como funciona a estratégia de um time e por que a Ferrari vai mal? Rico Penteado explica

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #232 - É o 'fim da linha' para o GP de Mônaco na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Netflix deve usar autódromo de Buenos Aires nas gravações de série sobre Senna
Próximo artigo F1: Equipes testarão novo pneu da Pirelli em Barcelona

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil