Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
63 dias
20 mai
Próximo evento em
77 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
91 dias
10 jun
Próximo evento em
98 dias
24 jun
Próximo evento em
112 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
119 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
133 dias
29 jul
Próximo evento em
147 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
175 dias
02 set
Próximo evento em
182 dias
09 set
Próximo evento em
189 dias
23 set
Próximo evento em
203 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
210 dias
07 out
Próximo evento em
217 dias
21 out
Próximo evento em
231 dias
28 out
Próximo evento em
238 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
274 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
283 dias

Gutierrez diz que fará pazes com time após discussão

Depois de câmeras da FOM terem capturado troca de farpas entre mexicano e chefe, ambos confirmam intenção de terminar relação com clima bom

compartilhar
comentários
Gutierrez diz que fará pazes com time após discussão
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team as the grid observes the national anthem
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
Guenther Steiner, Haas F1 Team Principal in the FIA Press Conference
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
(L to R): Esteban Gutierrez, Haas F1 Team with Ayao Komatsu, Haas F1 Team Race Engineer
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team after he retired from the race

Depois de dizer que a decisão de não mantê-lo na equipe para 2017 não havia sido justa, Esteban Gutierrez e seu chefe na Haas, Gunther Steiner, acabaram se desentendendo após o mexicano ter abandonado o GP do Brasil. Seu lugar será ocupado por Kevin Magnussen em 2017.

"Eu conversei com ele e em Abu Dhabi quero sentar com ele novamente e explicar", falou Steiner na ocasião.

"Ele é um jovem muito esperto, acho que às vezes você precisa explicar as motivações. Nunca houve um problema. Mesmo quando você sai da empresa, você ainda pode ser amigo. Não precisamos brigar, às vezes concordamos em discordar na vida."

Os comentários de Steiner foram feitos depois do GP do Brasil, durante o qual ele e Gutierrez tiveram um desentendimento após o abandono do mexicano.

No entanto, duas semanas depois, em Abu Dhabi, Gutierrez insistiu novamente que não houve problemas entre ele e seu chefe de equipe, e que a reunião de que Steiner falou no Brasil ainda estava no cronograma.

"Nós temos isso na agenda, vai ser uma conversa interessante", disse Gutierrez.

"Não há problemas - quero dizer, você viu algo acontecer no Brasil, mas foi apenas o momento errado. Não é algo que estava acontecendo. Não há nenhuma história por trás disso.”

"Não foi a melhor maneira de reagir de ambas as maneiras, mas às vezes essas situações trazem você a algumas emoções e essa é a realidade. Aprendemos com isso.”

"Acho que vai ser uma conversa muito aberta, muito honesta, só para terminar a parceria com um bom relacionamento. No fim, eles me deram a oportunidade de pilotar para eles em sua primeira temporada, e me sinto muito agradecido com Gene (Haas), com Gunther (Steiner) e especialmente com todas as pessoas com as quais trabalhei.”

"Eu acho que todos nós fizemos um grande esforço, mesmo que tenha sido uma temporada muito difícil.”

"Será interessante sentar com Gunther e espero que possamos ser muito abertos, porque no final do dia, saber as razões por trás da decisão ajudará muito para o futuro."

Max diz que experiência em quadriciclo o ajudou no Brasil

Artigo anterior

Max diz que experiência em quadriciclo o ajudou no Brasil

Próximo artigo

Hamilton descarta tática de segurar Rosberg em Abu Dhabi

Hamilton descarta tática de segurar Rosberg em Abu Dhabi
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Esteban Gutierrez
Equipes Haas F1 Team
Autor Valentin Khorounzhiy