Gutiérrez rebate crítica de Wolff: "Ele me dá publicidade"

Esteban Gutierrez responde críticas de chefe da Mercedes, que disse que mexicano atrapalhou líderes na reta final do GP de Cingapura; piloto disse também que tem opções na F1 para 2017 se não ficar na Haas

Gutiérrez rebate crítica de Wolff: "Ele me dá publicidade"
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16
Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 and Esteban Gutierrez, Haas F1 Team VF-16

Após o GP de Cingapura, Esteban Gutiérrez foi novamente alvo de críticas por atrapalhar os pilotos das equipes grandes. Toto Wolff, chefe da Mercedes, criticou o mexicano, a quem acusou de atrapalhar os líderes da prova na reta final da prova em Marina Bay, não deixando os carros passarem com facilidade.

Gutiérrez foi questionado sobre o tema e não se mostrou incomodado - anteriormente, Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo já haviam reclamado do mexicano. Pelo contrário, o piloto da Haas vê como positivo que o chefe da Mercedes fale dele, colocando o nome dele em evidência.

"É bom, eles me veem toda vez que estou perto. É normal que quando eles vejam alguém se aproximando ou andando bem, pois eles têm que falar. Não estou nervoso, ele (Wolff) me dá publicidade", disse o piloto ao Motorsport.com.

Sobre o futuro, Gutiérrez ainda não está garantido na Haas. O time norte-americano não anunciou até o momento a dupla de pilotos para 2017, embora a permanência de Romain Grosjean esteja praticamente garantida - o francês conquistou todos os 28 pontos que o time possui no ano de estreia.

Mesmo que não permaneça na Haas, o mexicano segue confiante de que permanece ligado à F1. Não há, porém, muitos assentos disponíveis - o piloto pode aceitar uma vaga de reserva - e Gutiérrez deixou claro que permanecer na equipe norte-americana é prioridade.

"Há algumas alternativas que estamos considerando. Nas próximas semanas tomaremos uma decisão. Há outras oportunidades interessantes que não podemos descartar. Mas minha prioridade e seguir aqui", completou.

Entrevista por Luis Ramirez

compartilhar
comentários
Fórmula 1 planeja transmitir temporada 2017 em Ultra HD

Artigo anterior

Fórmula 1 planeja transmitir temporada 2017 em Ultra HD

Próximo artigo

Com Wehrlein, Mercedes testa pneus de chuva de 2017

Com Wehrlein, Mercedes testa pneus de chuva de 2017
Carregar comentários