Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
65 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
79 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
86 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
142 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
149 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
163 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
170 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
184 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
198 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
205 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
219 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
233 dias

Hamilton culpa Raikkonen por seus problemas em Silverstone

compartilhar
comentários
Hamilton culpa Raikkonen por seus problemas em Silverstone
Por:
8 de jul de 2018 19:07

Lewis Hamilton culpou Ferrari de Kimi Raikkonen por seu resultado depois do que aconteceu no início do GP da Grã-Bretanha

Lewis Hamilton, piloto da Mercedes, conquistou a pole position no GP da Grã-Bretanha. No entanto, na largada foi rapidamente superado pela Ferrari Sebastian Vettel, em seguida, tocado pela de Kimi Raikkonen e caiu para último, até se recuperar e chegar em segundo.

Depois desse incidente, Lewis Hamilton trabalhou muito para se recuperar e, embora conseguisse ver Vettel à sua frente, não pôde roubar a vitória do alemão.

O piloto da Mercedes e atual campeão mundial foi direto e disse que o contato de Kimi Raikkonen, que recebeu uma penalidade de dez segundos, arruinou sua corrida.

"O problema da minha corrida não foi a largada, mas a Ferrari de Raikkonen que bateu em mim na curva 3. Mas isso não importa agora", disse o britânico.

Leia também:

"Eu não sei se o meu carro foi danificado, mas no começo estava um pouco estranho, a traseira estava saindo muito, mas, melhorou volta a volta e fui muito bem."

"Eu ainda sou capaz de ver os aspectos positivos desta corrida. Terminar em segundo lugar e minimizar a perda de pontos contra Vettel, apenas sete, foi uma verdadeira benção. Eu tenho que continuar forçando".

No entanto, após a corrida, Hamilton definiu o contato de Raikkonen como "táticas interessantes" por parte da Ferrari, sugerindo que a equipe italiana intencionalmente provocou o contato. Confrontado com esta interpretação, o campeão mundial esclareceu que: "Tudo o que eu diria é que agora há duas corridas em que uma das Ferrari tirou uma das Mercedes", se referindo ao contato de Sebastian Vettel com Valtteri Bottas na França,

"Uma penalidade de cinco segundos e uma penalidade de dez segundos não parecem muito, em última instância, arruínam a corrida."

"Há muitos pontos que Valtteri e eu perdemos nesses dois cenários, só temos que tentar nos posicionar melhor para não ficarmos expostos aos carros vermelhos, porque quem sabe se isso acontecerá novamente."

Em relação à sua perspectiva após o acidente com o Iceman, Hamilton disse que tinha confiança no carro que ele tinha e sua capacidade de retornar à zona de pontos.

"Eu pensei que era possível conseguir um resultado depois do que aconteceu na primeira volta e somar pontos. Eu sempre tenho essa mentalidade. Você tem que ter essa mentalidade se quiser recuperar tantas posições", concluiu.

Próximo artigo
Gasly perde ponto de Silverstone por colisão com Pérez

Artigo anterior

Gasly perde ponto de Silverstone por colisão com Pérez

Próximo artigo

Hamilton revela dificuldades “para ficar em pé” após GP

Hamilton revela dificuldades “para ficar em pé” após GP
Carregar comentários