Hamilton diz que Mercedes foi pega de surpresa pela Ferrari em Singapura

Piloto da Mercedes e líder do campeonato não sabe de onde veio "grande passo" da equipe rival no treino de classificação deste sábado

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Pole sitter Charles Leclerc, Ferrari and Sebastian Vettel, Ferrari in Parc Ferme

Sam Bloxham / Motorsport Images

Charles Leclerc conquistou sua terceira pole position consecutiva de 2019, com a Ferrari surpreendendo a Mercedes, tida como favorita em Singapura.

A escuderia italiana trouxe uma atualização significativa para esta corrida, incluindo um novo bico e assoalho revisado, que parecem ter proporcionado ganhos aerodinâmicos necessários para que a equipe seja mais competitiva em pistas de alto downforce, como Singapura.

Leia também:

Questionado pelo Motorsport.com sobre o quão ameaçador foi para a Ferrari ter adicionado mais desempenho aerodinâmico aliado à forte velocidade nas retas, Lewis Hamilton disse: "Não sei de onde eles tiraram o ritmo de um circuito de rua como este.”

“No início do ano, eles não estavam tão próximos. Obviamente, eles fizeram um ótimo trabalho.”

"Eu realmente não sei onde estamos perdendo, o primeiro setor é um pouco ruim para nós, parte dele é em reta, mas eles foram capazes de nos igualar no meio e no último setor.”

“No geral, é claramente um grande passo para eles. Vamos continuar pressionando. Não temos uma atualização há algum tempo, talvez, quando acontecer, isso nos ajude um pouco.”

No ano passado, Hamilton venceu saindo da pole position, depois de derrotar Max Verstappen na classificação.

Hamilton disse que a Mercedes sabia que a Red Bull seria competitiva novamente em Singapura, mas admitiu que a Ferrari havia feito uma surpresa, já que sua performance anterior em pistas como a de Singapura "não foram tão forte".

"De repente, eles trouxeram uma atualização aqui e parece ter funcionado", disse ele.

“Fiquei grato por ter conseguido separá-los (Leclerc e Vettel), apenas. Hoje estávamos com falta de ritmo.”

“Definitivamente foi difícil estar lá em cima, mas eu gosto do quão próximo foi entre todos nós. Espero que isso nos coloque em um bom lugar para boas lutas.”

Confira como ficou o grid de largada do GP de Singapura de F1

1 - Charles Leclerc: 1'36.217
2 - Lewis Hamilton: 1'36.408
3 - Sebastian Vettel: 1'36.437
4 - Max Verstappen: 1'36.813
5 - Valtteri Bottas: 1'37.146
6 - Alex Albon: 1'37.411
7 - Carlos Sainz Jr.:1'37.818
8 - Nico Hulkenberg: 1'38.264
9 - Lando Norris: 1'38.329
10 - Antonio Giovinazzi: 1'38.697
11 - Pierre Gasly: 1'38.699
12 - Kimi Raikkonen: 1'38.858
13 - Kevin Magnussen: 1'39.650
14 - Daniil Kvyat: 1'39.957
15 - Sergio Perez: 1'38.620 (punido em 5 lugares no grid por troca de câmbio)
16 - Lance Stroll: 1'39.979
17 - Romain Grosjean: 1'40.277
18 - George Russell: 1'40.867
19 - Robert Kubica: 1'41.186
20 - Daniel Ricciardo: desclassificado do quali
20

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Vettel, Leclerc e Hamilton detonam ideia de corridas com grid reverso na F1: “besteira"
Próximo artigo Vettel faz autocrítica: "Deveria ter sido melhor na última tentativa"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil