Hamilton diz que oitavo título não será decisivo para permanecer na F1

Após renovar contrato com Mercedes por apenas um ano, heptacampeão mundial ressalta o prazer que ainda tem em competir

Hamilton diz que oitavo título não será decisivo para permanecer na F1

Lewis Hamilton disse que o resultado de sua tentativa de ganhar um oitavo título mundial de Fórmula 1 não será o fator decisivo em quanto tempo ele continuará correndo após 2021.

O heptacampeão mundial está entrando em sua 15ª temporada de F1 neste ano e a nona com a Mercedes.

Leia também:

Mas depois de assinar uma extensão do contrato de apenas um ano com a equipe para 2021, especulações davam conta de que ele poderia se afastar da F1 depois de garantir o que seria o oitavo título.

Quando questionado sobre esse assunto, Hamilton disse: “Tomei uma decisão realmente importante na minha mente, eu não quero que esse seja o fator decisivo. Entrei nas corridas porque adorava correr e acho que isso tem que estar sempre no centro do que faço.”

“Se eu não amo correr e se tudo o que você busca são elogios e títulos mundiais, sinto que posso perder o meu caminho.”

“Claro, é o sonho final, mas não acho que necessariamente será o fator decisivo se eu continuar.”

“Acho que é mais quando coloco aquele capacete, ainda tenho aquele sorriso quando saio da garagem. O ano passado foi um ano muito difícil para todos, inclusive para mim, mas ainda houve alguns momentos marcantes.”

“Será esse o caso este ano? Veremos. Vou gostar tanto? Veremos. Estou animado agora, então tenho certeza que vou."

Hamilton, que falava em uma coletiva de imprensa que se seguiu ao evento virtual de lançamento do Mercedes W12, acrescentou: “Ainda amo o que faço".

“Eu acho, voltando [ao que eu disse] anteriormente, geralmente estou em uma posição privilegiada que não tenho que me comprometer por vários anos.”

“Então, eu escolhi ter um contrato de um ano para que eu pudesse ver como o ano vai e onde estamos no meio ou no final do ano - quem sabe se ainda estaremos em uma pandemia.”

“Mas isso não significa que não estou comprometido, ainda estou muito comprometido com o esporte.”

“Houve muita discussão em torno dessa questão da diversidade e ela ainda é um problema até hoje e não vai mudar da noite para o dia. Mas o que é realmente importante é ter certeza de que estamos realmente entregando e realmente agindo.”

“E estou muito orgulhoso da minha equipe aqui, que já estou vendo os passos que começamos a dar no ano passado, principalmente no final do ano passado. Estamos começando a ver esse progresso aos poucos, e isso dá um passo de cada vez, é claro.”

“Então, essa é a minha força motriz este ano também. Para ter certeza de que continuamos a pressionar por responsabilidade e, além disso, espero que eu possa apresentar alguns bons desempenhos.”

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

ALPINE 2021: Conheça o carro AZUL que marca a volta de ALONSO à F1 e as novidades da antiga RENAULT

PODCAST: Corridas aos sábados e tetos: revolução imposta pela Liberty pode tirar DNA da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Williams fará lançamento de 2021 com realidade aumentada; veja

Artigo anterior

F1: Williams fará lançamento de 2021 com realidade aumentada; veja

Próximo artigo

Tradição no rali, tentativa frustrada na F1 e volta em 2021: a história da Alpine no esporte a motor

Tradição no rali, tentativa frustrada na F1 e volta em 2021: a história da Alpine no esporte a motor
Carregar comentários