Hamilton: Verstappen não cometerá erro da curva 4 novamente

O heptacampeão disse que não liga em ter que dar tudo e mais um pouco para compensar o déficit que a Mercedes tem para a Red Bull atualmente

Hamilton: Verstappen não cometerá erro da curva 4 novamente

Após a intensa disputa pela vitória no GP do Bahrein de Fórmula 1, Lewis Hamilton reconhece que Max Verstappen aprenderá com sua derrota na primeira etapa de 2021 e não fará mais erros similares ao do último final de semana, saindo fora da pista.

Hamilton bateu Verstappen no Bahrein apesar da Red Bull ter uma clara vantagem no ritmo, fazendo o melhor uso da estratégia agressiva de pneus da Mercedes, além do erro do holandês na hora da ultrapassagem a três voltas do fim, saindo fora da pista na curva quatro para assumir a liderança.

Leia também:

Verstappen colou em Hamilton nos metros antes da curva e no meio do movimento acabou indo parar pra fora da pista. A Red Bull fez com que Verstappen devolvesse a posição para evitar uma punição, e o holandês não teve outra chance de atacar o piloto da Mercedes, que venceu com uma vantagem de 0s7.

Após a corrida, Hamilton comentou sobre a derrota do rival: "Tivemos sorte hoje com Max escapando da pista na curva quatro, mas tenho certeza de que isso não acontecerá novamente. Então precisamos fazer melhor, temos que ser mais espertos em como lidamos com o final de semana e com o fato de não termos o carro mais rápido no momento".

"Mas tudo bem para mim, não ligo de ter que dar tudo e mais um pouco para fazer a diferença".

Lewis Hamilton, Mercedes W12 Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Lewis Hamilton, Mercedes W12 Max Verstappen, Red Bull Racing RB16B

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

Já o companheiro de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas, terminou o GP do Bahrein em terceiro, 37s atrás do britânico, após perder tempo em uma batalha com Charles Leclerc nas primeira voltas, uma segunda parada ruim e uma entrada nos boxes na volta final para obter o ponto extra da volta mais rápida.

Os pontos da dupla fizeram com que a Mercedes saísse do Bahrein com 13 pontos de vantagem, já que o companheiro de Verstappen na Red Bull, Sergio Pérez, foi o quinto após um final de semana turbulento, com uma eliminação no Q2 e uma perda de potência em seu carro na volta de apresentação, forçando-o a largar do pit lane.

Mas a performance da Red Bull no Bahrein confirmou que ela tem o carro mais rápido da F1, fazendo Bottas sugerir que a Mercedes precisa ser impecável em cada evento para manter a ponta.

"No momento, não temos o carro mais rápido, então precisamos ser perfeitos em todas as outras áreas. Mas, obviamente, queremos ter o carro mais rápido, então precisamos seguir trabalhando.

"Como equipe, se dissessem na pré-temporada que teríamos dois carros no top 3, com um vencendo, e que pontuaríamos mais que a Red Bull, acharíamos graça. Então, como equipe, uma performance forte no geral, mas ainda há coisas que precisamos melhorar. Mas a temporada está apenas começando".

EXORCISMO em Vettel? Ferrari DETONA Seb, ex-campeão DEBOCHA e Berger diz: NUNCA foi bem SOB PRESSÃO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST – Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

 

compartilhar
comentários
F1: Novo traçado do GP da Austrália promete voltas até 5 segundos mais rápidas

Artigo anterior

F1: Novo traçado do GP da Austrália promete voltas até 5 segundos mais rápidas

Próximo artigo

F1: Marko elogia Pérez por manter mesmo ritmo de corrida de Verstappen

F1: Marko elogia Pérez por manter mesmo ritmo de corrida de Verstappen
Carregar comentários