Horner detona Renault após falha em carro de Verstappen

Chefe da Red Bull disse que o serviço que está recebendo da Renault está "um pouco abaixo" do que está se pagando

Horner detona Renault após falha em carro de Verstappen
Carregar reprodutor de áudio

Max Verstappen estava bem colocado para desafiar a Mercedes e a Ferrari nos estágios iniciais em Hungaroring, mas um problema suspeito de MGU-K o colocou para fora da corrida na sexta volta.

O abandono levou a uma explosão furiosa do holandês, que tinha visto outra chance de bons pontos sair de seu alcance.

Ele disse à equipe: “Não posso simplesmente ir em frente. Eu não me importo se este motor explode. Que piada com essa merda. Honestamente."

O editor recomenda:

Com a Red Bull tendo visto Daniel Ricciardo abandonando na Áustria e na Alemanha, Christian Horner deixou claro que está longe de estar feliz com o que sua equipe está recebendo da Renault.

Falando à Sky Sports, ainda durante a corrida, o chefe da Red Bull disse: “Eu não vou falar muito, mas pagamos milhões de libras por esses motores, por um produto de primeira classe, um produto de última geração e você pode ver que está claramente um pouco abaixo disso.”

“É frustrante. Ainda temos Daniel na corrida e deixarei Cyril inventar suas desculpas depois.”

A Red Bull já optou por mudar para os motores para a Honda no ano que vem, mas as tensões entre a equipe e a fabricante estão aumentando na esteira dos recentes problemas de desempenho e confiabilidade.

Na última corrida, Horner falou sobre o fato da Renault não mudar o maior número de componentes possível depois que Ricciardo já havia assumido as penalidades anteriores.

"Isso é uma questão para a Renault", disse Horner sobre os eventos na Alemanha. "A estratégia normal é mudar tudo o que você puder."

compartilhar
comentários
Bottas reclama ao ser chamado de “ajudante” por Wolff
Artigo anterior

Bottas reclama ao ser chamado de “ajudante” por Wolff

Próximo artigo

Bottas é punido por toque com Ricciardo, mas permanece em 5º

Bottas é punido por toque com Ricciardo, mas permanece em 5º