Hulkenberg diz que Raikkonen não deixou espaço em disputa

Mesmo assim, piloto da Force India admite que não esperava segurar piloto da Ferrari por muito tempo

Hulkenberg diz que Raikkonen não deixou espaço em disputa
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H, Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H, Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H
Carregar reprodutor de áudio

Faltando quatro voltas para o fim do GP do México, Nico Hulkenberg estava lutando pela sexta posição com Kimi Raikkonen, que se beneficiava de estar com pneus mais novos.

Raikkonen foi pelo lado de fora de Hulk na curva 4 e enquanto ambos passaram lado a lado, o alemão acabou rodando.

Falando sobre o que houve, piloto da Force India disse que teve sorte de evitar o contato porque ele não tinha recebido espaço suficiente.

"Poderia ter sido um acidente com grandes danos ", disse Hulkenberg. "Obviamente eu estava me defendendo, freando por dentro e na parte suja do circuito com pneus muito velhos, gastos, absolutamente no limite."

"Ele veio pelo lado de fora e pensei: 'cara, onde você espera que eu vá?'. Eu não posso simplesmente desaparecer no ar."

"Ele poderia ter me dado mais espaço, com certeza. Acho que foi frustrante ficar preso."

Hulkenberg admitiu que a Force India nunca teve ritmo de vencer uma batalha com a Ferrari e que seu foco era somente a Williams.

"Sabíamos realisticamente que nossa corrida não era contra as Ferraris. Nosso foco era Williams", disse Hulkenberg, que terminou em sétimo.

"Então, do nosso ponto de vista, fizemos um bom trabalho e maximizamos o que pudemos."

"Foi uma pena o que Kimi fez no final, mas estava com pneus velhos e desgastados, e ele tinha borracha muito mais nova e a vantagem do carro. Tentei segurá-lo, mas sem chances."

compartilhar
comentários
FIA decide não punir Vettel por ofensas no México
Artigo anterior

FIA decide não punir Vettel por ofensas no México

Próximo artigo

Ericsson se diz confiante que Sauber pontue em 2016

Ericsson se diz confiante que Sauber pontue em 2016