Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Kubica sente que carro está "completamente diferente" do de Russell

compartilhar
comentários
Kubica sente que carro está "completamente diferente" do de Russell
Por:
29 de mar de 2019 22:22

Polonês diz que não entende diferença, apesar de carros terem mesma configuração

Robert Kubica, que foi um segundo mais lento que George Russell no segundo treino livre, não conseguiu entender porque os dados indicaram que os carros têm características aerodinâmicas diferentes.

Ele descartou algum dano no assoalho, depois que se acreditava que isso havia lhe custado bom desempenho em Melbourne.

Leia também:

"Pelo menos entendemos que na Austrália eu fiz um setup diferente em comparação ao carro de George e pudemos ver claramente as diferentes características", explicou o polonês.

"Aqui começamos com o mesmo setup e as características ainda estavam diferentes.”

"Eu pensei na Austrália que isso talvez tenha sido causado por alguns danos no piso, e talvez uma configuração diferente, mas pelo menos depois da primeira sessão recebemos uma resposta.”

"Está claro que estamos guiando dois carros diferentes com a mesma configuração, então é algo que precisamos entender. É bastante óbvio nos dados. Então, agora precisamos tentar encontrar o motivo."

Falando ainda sobre o assoalho, ele acrescentou: "as características do carro com o mesmo setup estão completamente diferentes. Eu tive alguma dúvida depois da Austrália, honestamente, pensei que fosse causado por danos no assoalho.”

"O piso está em bom estado aqui, estamos usando a mesma configuração básica e temos características diferentes, é bastante significativo.”

"Talvez seja algo dentro da parte aerodinâmica que esteja perturbando a dirigibilidade do carro. Então temos que esperar para ver e tentar encontrar as respostas."

Ele observou que o comportamento do carro estava tornando difícil para ele guiar no limite.

"É estranho, para ser honesto, e isso me coloca em uma posição muito difícil para guiar o carro. Além disso, se eu tentar acompanhá-lo com alguma mudança de equilíbrio, tenho que reduzir muito a aderência e o potencial do carro.”

Kubica continua otimista sobre a possibilidade de melhorar o carro.

"Se formos capazes de consertar isso, a sensação melhorará. Agora é muito difícil guiar e eu tenho que tomar medidas na configuração para melhorar a dirigibilidade."

Robert Kubica, Williams FW42

Robert Kubica, Williams FW42

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Russell também comentou a diferença entre os dois carros da Williams.

"Eu sei que na Austrália conseguimos otimizar nosso carro melhor do que o dele", disse o campeão da F2. "E quando eu vi os vídeos, meu carro parecia melhor de guiar.”

"Suspeito de que há algo errado lá. Mesmo que eles encontrem, ainda estamos longe do ritmo ideal."

Próximo artigo
Ferrari: domínio nos treinos de sexta-feira é "enganoso"

Artigo anterior

Ferrari: domínio nos treinos de sexta-feira é "enganoso"

Próximo artigo

FIA instala painel de luzes de largada extra no GP do Bahrein

FIA instala painel de luzes de largada extra no GP do Bahrein
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Robert Kubica
Autor Adam Cooper