Mercedes diz que não mudará abordagem para GP do Brasil

Paddy Lowe afirma que equipe fará de tudo para se certificar de que trata GP do Brasil como uma corrida normal, apesar da batalha de seus pilotos pelo título

Mercedes diz que não mudará abordagem para GP do Brasil
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 and team mate Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 celebrate with the team
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Carregar reprodutor de áudio

Nico Rosberg tem vantagem de 19 pontos sobre seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, faltando ainda duas corridas, o que significa que o alemão pode conquistar seu primeiro título da Fórmula 1 em Interlagos, em caso de vitória.

Apesar da tensão, Paddy Lowe, diretor técnico da Mercedes, insiste que o time deve tratar o próximo fim de semana como outro qualquer.

"O campeonato de pilotos está ficando muito emocionante, com apenas duas corridas", disse Lowe em preview da equipe antes do GP do Brasil.

"Como de costume, faremos o nosso melhor para tratar isso como uma corrida normal. Temos como objetivo primordial garantir que ambos recebam os melhores equipamentos para uma competição justa."

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, acredita que a pressão será menor em Rosberg, sabendo que ele ainda tem dois match points.

Wolff acredita, no entanto, que Hamilton não vai dar mole ao seu rival.

"Para Nico, toda essa conversa de apenas precisar terminar em segundo lugar para chegar ao título acabou", disse Wolff. "Está em suas mãos, se ele ganhar a corrida no Brasil, será campeão."

"Vimos muitas corridas, particularmente na segunda metade desta temporada, onde ele soube lidar bem sob pressão."

"Mas, mentalmente, acho que esta nova situação é realmente um pouco mais fácil de enfrentar, ele ainda tem outra chance em Abu Dhabi."

"Igualmente, Lewis sabe o que deve ser feito para manter suas esperanças de título vivas. Ele nunca vai desistir e isso é o que o torna um dos grandes."

"Ele tem três campeonatos e 51 vitórias no currículo e não importa o resultado deste ano, todos sabemos que haverá mais por vir."

compartilhar
comentários
Verstappen: carros de 2017 poderão ser mais fáceis de guiar
Artigo anterior

Verstappen: carros de 2017 poderão ser mais fáceis de guiar

Próximo artigo

Jornalista afirma que Ocon será da Force India em 2017

Jornalista afirma que Ocon será da Force India em 2017