Montezemolo sobre Alonso: “quando não vencia, era problema do time”

Podcast da F1 contraria tweet de Alonso, com ex-presidente dizendo que espanhol não era como Michael Schumacher e Niki Lauda

Montezemolo sobre Alonso: “quando não vencia, era problema do time”

O ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, disse que a "personalidade" de Fernando Alonso é uma das três razões pelas quais ele nunca ganhou um título de Fórmula 1 com a equipe italiana.

Alonso correu pela Ferrari de 2010 a 2014 e terminou como vice-campeão em duas ocasiões, mas ficava frustrado por ser superado pela Red Bull.

Leia também:

Montezemolo acha que Alonso não teve sorte de correr pela Ferrari quando a equipe era mais competitiva, e disse que o espanhol não tinha a mesma personalidade de união de Michael Schumacher e Niki Lauda.

"Número um: para ser honesto, ele teve azar de estar na Ferrari quando a Red Bull era igual – ou muito perto de ser – como Ferrari era no início dos anos 2000", disse Montezemolo no episódio mais recente do podcast oficial da F1.

"Segundo: eu não gosto, mas tenho que dizer isso. Ele não teve sorte. Ele perdeu o campeonato no Brasil em 2012, quando Sebastian Vettel bateu na primeira volta com Bruno Senna e continuou.”

"Ou, quando a equipe cometeu um grande erro em 2010, quando era o suficiente para ele terminar em quarto. Perdemos o campeonato na última corrida.”

"Terceiro: seu personagem. A maior diferença entre Michael e também Niki, é que ele era Alonso – não Alonso com a Ferrari. Quando ele vencia ele estava feliz. Quando ele não vence, é problema da equipe. Ele era menos próximo do time do que Michael e Niki.

"E particularmente nos momentos difíceis. Estar perto do time nos bons momentos é fácil."

A F1 colocou uma chamada para o podcast com Montezemolo na noite de terça-feira no Twitter, publicando como referência sua frase sobre Alonso sendo infeliz e culpando a equipe quando não vencia. Isso provocou uma resposta de Alonso, que afirmou que "o presidente nunca disse isso".

Montezemolo disse que Alonso era um piloto "muito bom", ao lado de Vettel e Lewis Hamilton como os melhores pilotos da era moderna e "muito próximo" de Schumacher com suas performances de corrida.

"Alonso na corrida era um piloto fantástico – foi e é", acrescentou. "Ele perdeu o campeonato não por seus erros. Em condições normais, sem os erros da equipe ele venceria em 2010, e sem a sorte de Vettel na última corrida, venceria em 2012 também. Se ele tivesse ganhado um campeonato, hoje estamos falando algo diferente.”

"Estaríamos falando que Alonso, apesar de por muitos anos ele não ter tido o melhor carro, ele foi capaz de ganhar o campeonato."

O sucessor de Alonso na Ferrari, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, até agora não conseguiu terminar a seca do título da equipe também.

Montezemolo assinou com Vettel, mas saiu antes do comando da presidência. Ele disse que estava menos à vontade falando sobre o alemão.

"Meu sentimento de fora - e de fora às vezes você está errado - é que ele é rápido, uma pessoa legal, ele ama a Ferrari, ele conhece a responsabilidade", disse ele.

"Mas acho que talvez ele não tenha força às vezes."

Felipe Massa, Fernando Alonso and Luca di Montezemolo

Felipe Massa, Fernando Alonso and Luca di Montezemolo

Photo by: Ferrari Media Center

compartilhar
comentários
O que está em jogo no GP do Bahrein de Fórmula 1
Artigo anterior

O que está em jogo no GP do Bahrein de Fórmula 1

Próximo artigo

Circuito de Sakhir terá terceira zona de DRS para o GP do Bahrein

Circuito de Sakhir terá terceira zona de DRS para o GP do Bahrein
Carregar comentários