F1: Ocon e Gasly querem sair da Alpine em meio a caos na equipe, diz jornalista

Mercado de pilotos da elite global do esporte a motor deve ser agitado, tendo em vista que a maioria dos competidores não tem contrato para 2025

Esteban Ocon, Alpine A523, disputa com Pierre Gasly, Alpine A523

Esteban Ocon, Alpine A523, disputa com Pierre Gasly, Alpine A523

Mark Sutton / Motorsport Images

Após perder tanto o espanhol Fernando Alonso quanto o australiano Oscar Piastri para a temporada 2023 da Fórmula 1, com o bicampeão mundial indo para a Aston Martin e o jovem talento sendo 'fisgado' pela McLaren, a Alpine tirou o francês Pierre Gasly da AlphaTauri para formar uma dupla de pilotos da França ao lado de Esteban Ocon, piloto da equipe desde os tempos de Renault, em 2020.

Porém, 2023 foi complicado para a Alpine nos bastidores: primeiro, houve a saída do CEO Laurent Rossi, que estava no cargo desde a mudança de nome do time, em 2021; depois, a demissão de Otmar Szafnauer, que havia sido contratado como chefe de equipe em 2022. 

O editor recomenda:

O novo comandante da escuderia francesa é Bruno Famin, mas os desfalques da Alpine não se restringiram à chefia da equipe e ao CEO: o time também perdeu o diretor esportivo Alan Permane, agora cotado para uma ida à AlphaTauri, e o diretor técnico Pat Fry, que foi para a Williams. Além deles, Davide Brivio, que vinha supervisionando a academia de pilotos da marca azul e se 'divorciou' da organização da França.

Nesse contexto, foi um campeonato de estagnação nas pistas, com o sexto lugar entre construtores e apenas dois pódios, um com Ocon em Mônaco e outro com Gasly na Holanda. Nos pontos, 62 para Pierre e 58 para Esteban. Diferença que mostra equilíbrio, mas ambos estariam insatisfeitos.

Não à toa, segundo o jornalista espanhol de F1 Pedro Fermin, os dois querem deixar a Alpine e já teriam pedido a seus agentes para que prospectem oportunidades em outras equipes -- Ocon, aliás, estaria no topo da lista de desejos da Audi, que assume a Stake/Sauber a partir de 2026.

O fato é que tanto Esteban quanto Gasly têm contratos somente até o fim de 2024 e estão razoavelmente livres para tentarem vagas em outras estruturas da categoria máxima do automobilismo. A questão é: além da Stake/Sauber, há outro time no radar dos pilotos franceses?

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Podcast #264 – O que Gil de Ferran deixa para o automobilismo?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Wolff cobra estabilidade da FIA em meio a saídas "preocupantes"
Próximo artigo F1: McLaren surpreende e revela pintura do MCL38, carro de 2024; design será divulgado em fevereiro

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil