F1: McLaren surpreende e revela pintura do MCL38, carro de 2024; design será divulgado em fevereiro

Equipe de Woking resolveu subverter a norma, divulgando a pintura em janeiro e deixando o design para fevereiro, buscando maximizar o potencial de marketing

Watch: McLaren revela a pintura do MCL38

A McLaren revelou nesta terça-feira (16) a pintura que será usada na temporada 2024 da Fórmula 1, enquanto confirmou que o carro deste ano será chamado MCL38, apesar de ainda não ter revelado o novo design, que ficará para fevereiro.

Oscar Piastri, McLaren

Photo by: McLaren

Oscar Piastri, McLaren

O time de Woking mudou o processo de lançamento para 2024. Diferentemente dos anos anteriores, pintura e carro serão revelados em momentos diferentes. Primeiro, foi a vez do esquema de cores, como forma de potencializar o marketing em torno da divulgação, já que fevereiro se tornou um mês frenético em torno dos lançamentos de todas as equipes.

Leia também:

A pintura do MCL38 será bem similar ao que a McLaren vem usando desde o MCL36 de 2022, como forma de reduzir o peso.

Mas, em comparação ao bem sucedido MCL60 de 2023, que conquistou nove pódios, o esquema possui mais laranja na asa dianteira e na cobertura do motor, com uma barra geométrica mudando para sidepods pretos, mais próximos das pinturas especiais vistas em Singapura e no Japão.

 

Os toques em azul claro que estiveram nos dois últimos anos foram removidos para 2024, com a equipe optando pelo azul mais escuro, similar ao usado nos anos até 2022 na logo da patrocinadora DP World.

Em outro aceno às pinturas especiais de 2023 - em especial a que homenageou o carro preto e prata dos anos 2000 - os adesivos com os números dos pilotos serão cromados e estarão presentes no bico e na cobertura do motor.

As especificações do design do MCL38 serão reveladas em 14 de fevereiro. A equipe voltará a usar o sistema numérico "normal" após o nome especial de 2022, MCL60, que celebrou o 60º aniversário de fundação do time de Woking. Porém, o MCL37 será "pulado".

Zak Brown, CEO da McLaren, disse que a equipe está "feliz em lançar a pintura de 2024 antes da nova temporada - o design parece incrível, e mal posso esperar para ir às pistas no próximo mês".

Falando com veículos selecionados de imprensa, incluindo o Motorsport.com, Brown também ressaltou seus pensamentos sobre o ano da McLaren, além do motivo por trás das mudanças na pintura.

"Estou confiante", disse. "Acho que todos os homens e mulheres da McLaren fizeram um trabalho fantástico. Claro, é um desenvolvimento contínuo, então não será o fim. Fizemos o lançamento com um carro-mula, mas podem esperar uma melhora contínua durante o ano".

"Acho que o carro está espetacular. É uma resposta ao feedback de nossos fãs. Claro, o papaia é importante para nós, e queremos ter certeza que somos diferente, que vocês possam reconhecer nosso carro. E, claro, temos o melhor conjunto de parceiros comerciais. Então você quer um carro que seja belo, onde Chrome, Cisco, OKX se destaquem".

"Estou animado para ver Lando [Norris] e Oscar [Piastri] nele. Ambos estão com as baterias recarregadas e prontos para começar".

Através de um comunicado da equipe, Norris disse que "mal pode esperar pela nova temporada".

"Será meu sexto ano na F1. E espero manter o momento que criamos como equipe no fim da temporada passada para começarmos com tudo no Bahrein. A nova pintura parece ótima com a inclusão dos segmentos surgidos com as melhoras do ano passado. Tenho certeza que os fãs vão amar tanto quanto eu".

"Todos na fábrica trabalharam incrivelmente duro nas férias, e mal posso esperar para entrar no carro de 2024 para desafiar nossos competidores na frente do grid".

Em preparação para seu segundo ano na F1, Piastri disse: "A pintura de 2024 parece muito legal e mal posso esperar para correr nas cores icônicas da McLaren por um segundo ano. Criei memórias especiais com a equipe no meu ano de estreia, com dois pódios e uma vitória na sprint".

"Vou dar o meu melhor ao lado de toda a equipe para obter esses resultados no começo da nova temporada, competindo com nossos concorrentes para dar aos fãs mais momentos memoráveis".

Questionado pelo Motorsport.com por um feedback nos passos dados pela McLaren para este ano, o chefe Andrea Stella disse: "Até agora, posso dizer que não vemos diminuição nos retornos".

"Isso será provado com o carro estiver na pista, mas, no desenvolvimento no túnel de vento ou no CFD, vemos que o gradiente estabelecido no ano passado, levou aos desenvolvimentos da Áustria e de Singapura, e parece que ele está mantido. Então é onde eu espero que o carro esteja no começo da temporada".

As visões de Stella sobre o desenvolvimento do carro estão muito longe de onde vimos a McLaren no começo de 2023, onde admitiu abertamente que o MCL60 não era bom.

"Quando falamos de eficiência aerodinâmica, downforce, arrasto, estamos falando de números, então podemos rastrear bem. Vimos no ano passado que tivemos uma fase de estagnação e precisávamos mudar, de um ponto de vista conceitual, em uma direção que poderíamos recuperar esse momento positivo em termos de desenvolvimento".

"Neste ano não vimos isso no rastreamento e no gradiente, e vemos conceitos que estabelecemos ano passado e que tinham mais a oferecer. Então é um cenário completamente diferente".

Stella sugere também que a McLaren já está desbloqueando mais ganhos que os pensados com as atualizações, algo que pode estar vindo mais cedo na campanha.

"Nos bastidores, já estamos começando a trabalhar nos desenvolvimentos, que esperamos trazer bem cedo na temporada, e eles parecem bem interessantes".

Após começo decepcionante em 2023, como McLaren evoluiu tanto na F1?

Podcast #264 – O que Gil de Ferran deixa para o automobilismo?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ocon e Gasly querem sair da Alpine em meio a caos na equipe, diz jornalista
Próximo artigo F1: McLaren está "confiante" de que manterá Norris a longo prazo apesar do interesse da Red Bull

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil