Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
23 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
37 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
65 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
72 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
86 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
100 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
107 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
128 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
142 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
184 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
191 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
205 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
212 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
226 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
240 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
247 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
261 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
275 dias

Pérez: perder Alonso mostra o quão ruim a F1 está

compartilhar
comentários
Pérez: perder Alonso mostra o quão ruim a F1 está
15 de nov de 2018 17:06

Sergio Pérez considera que a saída de Fernando Alonso da F1 em 2019 mostra “o quão ruim” é o momento no qual a categoria se encontra, já que o bicampeão mundial não possui há anos chances de vitórias.

Alonso encerrará sua passagem pela F1 ao fim desta temporada. Seus planos completos ainda não foram divulgados, mas sabe-se que o espanhol participará das 500 Milhas de Indianápolis e completará a supertemporada do WEC com a Toyota.

Para Pérez, o fato de Alonso ter ocupado nos últimos anos somente um papel de figuração mostra que há algo de errado com a categoria. “Isso mostra o quão ruim a F1 está”, disse, segundo o site RaceFans.

“Temos um dos melhores pilotos do mundo lutando no pelotão intermediário, tentando marcar pontos a cada fim de semana. Coloque-o em outro carro e ele vencerá o campeonato. É assim que a F1 está no momento. Estamos todos no mesmo barco.”

O mexicano, porém, não descartaria a possibilidade de um eventual retorno de Alonso. “Ele também teve muita sorte em sua carreira por ter tido alguns carros muito competitivos com os quais pode vencer títulos. Ele tem um enorme talento e merece o sucesso que teve em sua carreira. Desejo a ele tudo de melhor, e, quem sabe, talvez ele volte.”

“Ele adora corridas. Tenho muito respeito por ele, pelo que ele conquistou no esporte, mas também pelo que ele tenta fazer fora dele, com todos os outros títulos que ele está buscando. Acho que ele é, definitivamente, um grande personagem para o esporte e é uma pena que iremos perdê-lo.”

A última vitória de Alonso na F1 foi há mais de cinco anos, no GP da Espanha de 2013. Já o último pódio do espanhol veio na temporada seguinte, ainda em sua passagem pela Ferrari.

Próximo artigo
Hamilton esclarece polêmica após comentários sobre Índia

Artigo anterior

Hamilton esclarece polêmica após comentários sobre Índia

Próximo artigo

Gil diz que McLaren sentirá falta de Alonso: “impossível dizer que não”

Gil diz que McLaren sentirá falta de Alonso: “impossível dizer que não”
Carregar comentários