Presidente da França, Emmanuel Macron lança projeto pelo retorno da F1 ao país

Porém, retorno a Paul Ricard não é visto como prioridade

Fans in a grandstand

O Presidente da França, Emmanuel Macron, lançou nesta semana um projeto que visa o retorno do GP da França ao calendário da Fórmula 1, após a etapa de Paul Ricard ficar de fora do calendário deste ano.

A informação foi divulgada pelo jornal francês Nice-Matin, e revela que Macron confiou o projeto a Christian Estrosi, prefeito da cidade de Nice, e Nicolas Deschaux, presidente da Federação Francesa de Automobilismo, tendo como primeiro passo um estudo de viabilidade da realização do evento e as diversas opções possíveis.

Leia também:

Estrosi já havia iniciado os procedimentos pelo retorno da França à F1, sendo um dos responsáveis pelo projeto que se concretizou no GP em Paul Ricard entre 2018 e 2022. 

Mas, com prova ameaçada há algum tempo, Estrosi entrou em contato com Macron para discutir a importância de se encontrar uma solução para trazer novamente à F1 ao país, recebendo uma resposta favorável do presidente.

Macron confiou a Estrosi e Deschaux a responsabilidade de "entrar em negociações com os detentores dos direitos comerciais da F1", ou seja, a Liberty Media. Os dois contarão com o apoio do governo e, mais concretamente dos Ministérios da Economia e Finanças e da Cidade e do Esporte.

"Nosso país deve ser capaz de se reconectar com a F1, como os outros grandes eventos esportivos internacionais que organizamos anualmente, para o prazer de todos", disse Macron. "É um desafio de atratividade para o nosso país, de influência para nossa indústria automotiva, e de inovaçãio para apoiar a descarbonização deste setor".

O presidente deseja que "sejam estudadas diferentes opções de realização possíveis no território nacional, identificando em cada um seu modelo econômico, compatibilidade com os compromissos ecológicos e a possível contribuição para o desenvolvimento territorial e nacional".

Ainda segundo a reportagem, um retorno a Paul Ricard não seria a opção número um, com o projeto mirando um GP urbano. Vale lembrar que, há pouco mais de um ano, o CEO da F1, Stefano Domenicali, havia insinuado a possibilidade de realizar um GP nas ruas de Nice.

VÍDEO: Ricciardo de volta à F1 e de Vries demitido! Red Bull foi injusta? O que será de Pérez?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #238 – A ‘nova’ McLaren em Silverstone e a demissão de De Vries com a volta de Ricciardo

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Horner descarta chance da Red Bull replicar "sete anos de domínio" da Mercedes
Próximo artigo Pérez admite que 'não está nem aí' para as especulações sobre futuro na F1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil