F1: Horner descarta chance da Red Bull replicar "sete anos de domínio" da Mercedes

Chefe do time austríaco destaca estabilidade no regulamento e convergência como provas de que vantagem da Red Bull não se estenderá por tantos anos

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, in the Team Prinicpals Press Conference

Mark Sutton / Motorsport Images

A Red Bull está fazendo a limpa na temporada 2023 até aqui, com 10 vitórias em GPs e mais 2 sprints. Sem dar chances aos rivais, muitos acreditam que o time austríaco seguirá dominando a Fórmula 1 por mais alguns anos, mas Christian Horner descarta que a Red Bull viverá "sete anos de domínio" como a Mercedes na década passada.

A combinação do RB19 com o grande momento de Max Verstappen estão levando o holandês a passos largos em direção ao tricampeonato. E a vantagem generosa em relação aos demais permite à equipe mudar o foco para o carro de 2024. 

Leia também:

Mas com a falta de atualizações e a aparente aproximação dos rivais fazem com que Horner veja sinais de convergência na guerra de desenvolvimento, que devem continuar caso o regulamento se mantenha estável até 2026.

Por isso, ele descarta a possibilidade da Red Bull emular o período dominante da Mercedes entre 2014 e 2020, citando ainda o handicap no tempo de túnel de vento e simulador como um fator limitante para a equipe.

"Uma coisa que sabemos desse esporte é que teremos uma convergência. Já podemos ver isso acontecendo, e o mais importante é a convergência, a estabilidade", disse Horner. "Estabilidade do regulamento aproximará todas as equipes. Isso já está acontecendo, então não veremos outros sete anos de domínio".

"As unidades de potência são bem similares agora e o chassi evolui mais rapidamente que os motores. Já podemos ver isso comparando o início da temporada com agora".

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, lifts the winners trophy

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, lifts the winners trophy

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Horner vê como "inevitável" as rivais copiando o design de sucesso da Red Bull, com a repaginada do MCL60 da McLaren sendo o mais recente esforço "lisonjeiro".

"É um conceito muito similar. Estava olhando o carro no grid. É a primeira vez que vimos isso neste ano, e é possível ver que a filosofia que eles emprestaram é similar. É um caminho similar. É lisonjeiro não?".

VÍDEO: Ricciardo de volta à F1 e de Vries demitido! Red Bull foi injusta? O que será de Pérez?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #238 – A ‘nova’ McLaren em Silverstone e a demissão de De Vries com a volta de Ricciardo

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Chegada de Ricciardo reflete nova 'fase' da AlphaTauri
Próximo artigo Presidente da França, Emmanuel Macron lança projeto pelo retorno da F1 ao país

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil