Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
46 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
53 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
67 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
81 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
95 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
102 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
130 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
137 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
172 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
186 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
214 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
221 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
235 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
242 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
256 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
270 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
277 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
291 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
305 dias

Racing Point não crê que novas asas serão ponto-chave de novo carro da F1

compartilhar
comentários
Racing Point não crê que novas asas serão ponto-chave de novo carro da F1
Por:
23 de fev de 2019 14:35

Para diretor técnico da equipe, Andrew Green, as áreas dos bargeboards serão o ponto principal de desenvolvimento do novo carro da categoria

As equipes da F1 exibiram uma variedade de abordagens em suas asas dianteiras, o que foi simplificado na tentativa de aumentar as ultrapassagens.

No entanto, o diretor técnico da Racing Point, Andrew Green, diz que o desenvolvimento da asa dianteira é limitado pelos regulamentos impostos, sugerindo até mesmo que elas são "excessivamente restritas".

Isso significa que as equipes procurarão um outro lugar para tentar ganhar desempenho, e Green acredita que a área de bargeboard tem muito espaço para desenvolvimento.

Leia também:

"Acho que o regulamento da área dianteira está muito bem amarrado", disse Green. "É muito difícil projetar outra coisa senão o que vemos na pista agora.”

"Então a corrida pelo desenvolvimento estará no meio do carro, então toda a área dos bargeboards, toda aquela frente da área do assoalho, é o verdadeiro playground para desenvolvimento, é aí que você tem uma grande liberdade.”

"Você só tem uma área que você pode colocar qualquer coisa que você gosta. É aí que você verá uma enorme quantidade de trabalho", acrescentou.

Green disse que não viu nada inesperado em outros carros que tenha chamado sua atenção, mas admitiu que - como a própria Racing Point - as equipes têm peças no sistema que não serão vistas até a primeira corrida na Austrália.

“Eu não estou surpreso em ver pessoas experimentando e indo para um lado e para o outro.”

"Não vimos nada até agora que nos tenha feito parar e que nos tenha feito mudar de direção.”

Saiba mais sobre as mudanças dos carros da F1, inclusive os bargeboards, no vídeo abaixo

Próximo artigo
Leclerc diz que dar trabalho a chefe da Ferrari será "bom sinal"

Artigo anterior

Leclerc diz que dar trabalho a chefe da Ferrari será "bom sinal"

Próximo artigo

Hulkenberg: nova asa traseira de carro da F1 dá a mesma sensação de "paraquedas"

Hulkenberg: nova asa traseira de carro da F1 dá a mesma sensação de "paraquedas"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Racing Point
Autor Adam Cooper