Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
15 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
43 dias

Leclerc diz que dar trabalho a chefe da Ferrari será "bom sinal"

compartilhar
comentários
Leclerc diz que dar trabalho a chefe da Ferrari será "bom sinal"
Por:
23 de fev de 2019 13:52

Mas piloto monegasco pondera sobre resultados imediatos logo nas primeiras provas com escuderia italiana

Charles Leclerc assinou com a Ferrari após apenas uma temporada na F1 com a Sauber e Sebastian Vettel disse que espera ser pressionado pelo piloto de Mônaco.

O novo chefe da equipe, Mattia Binotto, disse que Vettel deve ser priorizado enquanto Leclerc se ambienta, mas acrescentou que espera ter um "problema" ao administrar dois pilotos de primeira linha.

Perguntado pelo Motorsport.com se ele aceita que vai precisar de tempo ou espera causar uma dor de cabeça rapidamente em Binotto, Leclerc disse: "Obviamente eu ficarei feliz se eu me acostumar com este carro o mais rápido possível e eu estou no mesmo ritmo!”

Leia também:

"Eu sou realista também. É apenas a minha segunda temporada na F1 e tenho muito a aprender. Há um longo caminho pela frente.”

"Mas não posso esconder que estou trabalhando para estar o mais pronto possível para a primeira corrida.”

“Se o Mattia tiver esse problema de gerenciar dois pilotos rápidos, é um bom sinal para mim. Mas, por enquanto, estou apenas focando em mim mesmo, tentando melhorar cada volta que estou fazendo no carro.”

“É um time de ponta, existem procedimentos bem diferentes do time em que eu estava antes. Há um pouco de adaptação.”

Vettel falou sobre o seu novo companheiro de equipe estar no caminho certo, e destacou a importância dos dois pilotos trabalharem juntos.

Leclerc diz que já viu o benefício da experiência tetracampeão mundial.

"Em termos de feedback do piloto, Seb é muito forte nisso", disse Leclerc. "Ele tem um conhecimento técnico muito bom, então eu definitivamente posso melhorar, mas estou indo muito bem.”

“Passei as últimas cinco ou seis semanas na fábrica para tentar entender um pouco mais os sistemas, o que acho que foi um dos meus pontos fracos no ano passado e tentar melhorar em todas essas coisas.”

A Ferrari não terminou o primeiro teste de pré-temporada em Barcelona no topo da tabela, mas é considerada a melhor equipe no início de 2019.

Isso significa que Leclerc pode ir para o GP da Austrália, que abre a temporada, com reais chances de sua primeira vitória na F1.

"Eu não estou realmente focando no resultado no momento", disse ele.

“Se eu me concentrar em mim mesmo, tentando fazer o melhor trabalho possível no carro e fora do carro, tenho certeza de que os resultados virão em determinado momento.”

"Eu não quero colocar na minha cabeça que eu preciso vencer a primeira corrida.”

"Eu só quero crescer o máximo possível para a primeira corrida, estar o mais confortável possível na equipe e com o carro, e então os resultados virão."

Próximo artigo
Toro Rosso elogia “fantástica” Honda após primeira semana de testes da F1

Artigo anterior

Toro Rosso elogia “fantástica” Honda após primeira semana de testes da F1

Próximo artigo

Racing Point não crê que novas asas serão ponto-chave de novo carro da F1

Racing Point não crê que novas asas serão ponto-chave de novo carro da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Scott Mitchell