Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
55 dias
06 mai
Próximo evento em
97 dias
20 mai
Próximo evento em
111 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
125 dias
10 jun
Próximo evento em
132 dias
24 jun
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
167 dias
29 jul
Próximo evento em
181 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
209 dias
02 set
Próximo evento em
216 dias
09 set
Próximo evento em
223 dias
23 set
Próximo evento em
237 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
244 dias
07 out
Próximo evento em
251 dias
21 out
Próximo evento em
265 dias
28 out
Próximo evento em
272 dias
05 nov
Próximo evento em
280 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
293 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
308 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
317 dias

Red Bull anuncia que diretor esportivo testou positivo para Covid-19 antes do GP do Bahrein

compartilhar
comentários
Red Bull anuncia que diretor esportivo testou positivo para Covid-19 antes do GP do Bahrein
Por:
, Editor

Segundo a Red Bull, o diagnóstico não afetará as operações da equipe no final de semana

A Red Bull anunciou na manhã desta quinta que o diretor esportivo da equipe de Fórmula 1, Jonathan Wheatley, testou positivo para Covid-19 e não estará presente no GP do Bahrein deste fim de semana. O diagnóstico foi feito na sessão de exames do início da semana.

O resultado de Wheatley veio enquanto ele ainda estava no Reino Unido e, com isso, ele não estará no Bahrein, iniciando uma quarentena dentro das normas do governo britânico.

Leia também:

"Confirmamos que durante os testes obrigatórios pré-corrida no Reino Unido, o diretor esportivo Jonathan Wheatley testou positivo para Covid-19. Seguindo as normas de protocolo, ele ficará isolado por dez dias e não estará presente no GP do Bahrein", informou a Red Bull em um comunicado.

"Suas funções serão revezadas por vários membros da equipe ao longo do final de semana. O resultado não criou a necessidade de isolamento de outras pessoas, não afetando as operações no GP".

Wheatley é o mais novo nome do paddock a testar positivo após o chefe interino da Williams Simon Roberts e o chefe da Pirelli na F1 Mario Isola ao longo das últimas semanas.

Roberts não esteve presente no GP da Turquia após apresentar sintomas leves e receber o diagnóstico logo antes da viagem para Istambul. Já Isola testou positivo no dia do GP. Ambos devem estar presentes neste fim de semana.

Todos os membros do paddock da F1 são obrigados a passar por testes de Covid-19 a cada cinco dias como parte dos protocolos da FIA. Ninguém pode entrar no circuito sem um teste negativo e, para entrar no paddock, todos precisam passar por um segundo teste até 24 horas antes.

Enquanto no Bahrein as arquibancadas estarão abertas em número limitado a profissionais d saúde que atuaram na linha de frente no combate à pandemia no país, a F1 ficará completamente isolada em Yas Marina para o GP de Abu Dhabi, em um acordo fechado com as autoridades locais para viabilizar a realização da prova.

Todas as notícias sobre o GP do Bahrein de F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises, além de conferir nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema

PODCAST: Carro da Mercedes diminui mérito de Hamilton no hepta? Ouça debate

 

Alonso brinca com euforia em volta à F1: "Na Renault já estão começando a se cansar de mim"

Artigo anterior

Alonso brinca com euforia em volta à F1: "Na Renault já estão começando a se cansar de mim"

Próximo artigo

Steiner admite que houve uma "grande chance" da Haas não sobreviver a 2020

Steiner admite que houve uma "grande chance" da Haas não sobreviver a 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith