Red Bull e AlphaTauri seguem comprometidas com F1 apesar de saída da Honda

compartilhar
comentários
Red Bull e AlphaTauri seguem comprometidas com F1 apesar de saída da Honda
Por:

Equipes da marca austríaca lamentaram a decisão, mas afirmaram que vão atrás de uma nova fornecedora de motores

O anúncio feito pela Honda nesta sexta (02) de que sairá da Fórmula 1 após o final da temporada 2021 deixa duas equipes do grid em uma situação complicada. Red Bull e AlphaTauri terão que buscar uma nova fornecedora para a transição do regulamento técnico, mas as equipes afirmaram que seguem comprometidas com o Mundial apesar da notícia.

A Honda confirmou que a conclusão do programa da F1 tem como motivo o foco de recursos para a eletrificação dos carros da rua da montadora. A notícia vem apenas algumas semanas após as duas equipes da marca austríaca assinarem o novo Pacto de Concórdia, comprometendo-se com a permanência na F1 até 2025 pelo menos. 

Leia também:

A Honda indicou que havia comunicado sua intenção à Red Bull ainda em agosto, e que tomou a decisão no final de setembro, pouco após a assinatura do Pacto, em um momento em que ambas as equipes ainda acreditavam que seus futuros estavam ligados à montadora.

Isso deixa ambas em uma posição difícil.

A Mercedes já tem três parceiras na F1: Williams, McLaren e a Racing Point / Aston Martin, enquanto o relacionamento com a Renault não foi dos melhores e o chefe da equipe francesa, Cyril Abiteboul, já havia falado anteriormente que dificilmente a parceria seria reeditada.

No momento, a Ferrari, que tem uma unidade de potência pouco competitiva, já tem duas parceiras: Haas e Alfa Romeo.

Mas o consultor da Red Bull Helmut Marko destacou que a empresa segue comprometida com o esporte, e confirmou que ainda não tem conversas para formar uma nova parceira.

"Nossa ambição imediata para 2020 e 2021 é trabalhar com a Honda para vencermos corridas e sermos fortes candidatos ao título".

"Além disso, vamos trabalhar com nossas equipes para avaliar qual é o motor mais competitivo para 2022 e além. Seguimos comprometidos com o esporte. Ambas as equipes assinaram o último Pacto de Concórdia".

O chefe da Red Bull, Christian Horner, diz que respeita a decisão da Honda.

"Como equipe, entendemos o quão difícil foi para a Honda tomar a decisão de se retirar da F1 após o fim da temporada 2021. A mudança de foco dentro da indústria levou à decisão da Honda de mudar seus recursos e entendemos e respeitamos a razão".

"A decisão deles nos apresenta com desafios óbvios como equipe, mas já estivemos nessa antes e, com nossa força, estamos preparados e equipados para responder com efetividade, como provamos no passado".

"Enquanto estamos desapontados por não seguir com a parceria, estamos muito orgulhosos de nosso sucesso, com cinco vitórias e 15 pódios para ambas as equipes da Red Bull, e agradecemos a Honda pelos seus esforços extraordinários".

"Nosso foco para o fim de 2021 e 2021 seguem inalterados, lutando por vitórias e pelo campeonato".

Sobre a nova fornecedora, Horner disse que a equipe vai analisar com calma.

"Como signatários do último Pacto de Concórdia, a Red Bull segue comprometida com o esporte a longo prazo e mal podemos esperar por essa nova era de inovação, desenvolvimento e sucesso".

"Como grupo, vamos tomar o tempo necessário para avaliarmos a fundo e encontrar a unidade de potência mais competitiva para 2022".

O chefe da AlphaTauri, Franz Tost disse que a decisão da Honda é "uma pena".

"A Scuderia AlphaTauri e a Honda construíram um bom relacionamento profissional desde o início da parceria em 2018".

"É uma pena que a Honda tenha decidido pela saída da F1, porque sua unidade de potência tem melhorado constantemente, tornando-se uma das melhores do grid em um curto período de tempo".

"Estou convencido que, juntos, vamos continuar obtendo fortes resultados nesse período restante. Certamente respeitamos a decisão da Honda, em busca de uma neutralidade nas emissões de carbono, e a equipe deseja o melhor a eles para obter sucesso no futuro".

"Sinceramente agradecemos pela boa cooperação, curtimos cada dia de trabalho. Não será fácil encontrar uma parceira como a Honda mas, claro, vamos começar a analisar as possibilidades para 2022".

Red Bull RB16

(Temporada 2020)

Red Bull Racing-Honda RB16
Motor: Honda
Combustível: ExxonMobil
Pneus: Pirelli

Pilotos:

33 - Max Verstappen

23 - Alexander Albon

Honda anuncia saída da F1 ao final da temporada 2021; veja detalhes

PODCAST Motorsport.com debate a carreira e o legado de Kimi Raikkonen; ouça

 

Honda anuncia saída da F1 ao final da temporada 2021

Artigo anterior

Honda anuncia saída da F1 ao final da temporada 2021

Próximo artigo

F1: Honda garante que seguirá com planos de novo motor para 2021

F1: Honda garante que seguirá com planos de novo motor para 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Autor Adam Cooper