Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
53 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
60 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
74 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
88 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
102 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
109 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
137 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
144 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
179 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
221 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
228 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
242 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
249 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
263 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
277 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
284 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
298 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
312 dias

Renault confirma Ricciardo ao lado de Hulkenberg para 2019

compartilhar
comentários
Renault confirma Ricciardo ao lado de Hulkenberg para 2019
Por:
3 de ago de 2018 12:17

Australiano deixa Red Bull após cinco anos dentro do time para se juntar a Renault para próxima temporada

A surpreendente movimentação de Daniel Ricciardo dentro do paddock da Fórmula 1, da Red Bull para Renault em 2019, foi confirmada.

Tendo sua saída anunciada pela Red Bull nesta sexta-feira (3), rumores começaram a surgir de que o piloto poderia estar indo para a Renault. Deste modo, o anúncio da Red Bull foi agora seguido por um da Renault, confirmando que irá ter o vencedor de sete GPs até hoje em sua equipe com um contrato de dois anos.

Ricciardo será parceiro de Nico Hulkenberg na equipe, o que significa que Carlos Sainz sairá o time francês.

"Foi provavelmente uma das decisões mais difíceis de se tomar na minha carreira até agora", disse Ricciardo. "Mas eu pensei que era hora de assumir um desafio novo”.

"Percebo que há muito pela frente para permitir que a Renault atinja seu objetivo de competir no mais alto nível, mas fiquei impressionado com sua progressão em apenas dois anos, e sei que cada vez que a Renault está no esporte. Eles eventualmente vão ganhar.”

“Espero poder ajudá-los nesta jornada e contribuir dentro e fora do caminho."

 

 

O chefe da Renault na F1, Cyril Abiteboul, disse: "a contratação de Daniel ressalta nossa determinação em acelerar nosso progresso em direção à liderança do esporte. É também um reconhecimento do trabalho realizado nas duas últimas temporadas e meia”.

"O talento inquestionável e o carisma de Daniel são um grande bônus e uma declaração para a equipe. Teremos que retribuir sua fé em nós, oferecendo o melhor carro possível. Nós o acolhemos em 2019 com muito orgulho, mas também humildade."

O afastamento de Ricciardo da Red Bull foi uma grande surpresa, uma vez que ele e a Red Bull indicaram que um novo contrato era apenas uma formalidade e no início desta semana sugeriram que era apenas uma questão de aperfeiçoar pequenos detalhes.

O acordo ocorre um fim de semana após Max Verstappen, da Red Bull, abandonar o GP da Hungria com outro problema de confiabilidade da Renault e o chefe da equipe, Christian Horner, ter atacado sua fornecedora de motores.

Ricciardo havia falado no início deste ano que havia perdido a fé de que a situação da Red Bull com a Renault melhoraria o suficiente para desafiar a Mercedes e a Ferrari.

No entanto, ele agora está convencido de que Renault de que é uma opção melhor do que a Red Bull.

A Renault esteve em negociações com a Mercedes e Esteban Ocon para ter o francês emprestado, enquanto também conversava com o atual piloto Carlos Sainz sobre a extensão de sua estadia.

Em vez disso, Ricciardo se juntará ao parceiro Hulkenberg, com Sainz agora livre para tentar o lugar de Ricciardo na Red Bull, ou ir para outro time.

Ocon e a Mercedes provavelmente terão que esperar para ver o que acontece com a Force India, que está em administração e tentando encontrar um comprador.

Isso também pode impactar as opções disponíveis para o outro piloto júnior da Mercedes, George Russell, que está liderando a luta pelo título da Fórmula 2 e pode chegar à F1 no ano que vem.

Próximo artigo
Médico cita progresso satisfatório de saúde de Lauda

Artigo anterior

Médico cita progresso satisfatório de saúde de Lauda

Próximo artigo

Haas confirma interesse em Pietro Fittipaldi para teste

Haas confirma interesse em Pietro Fittipaldi para teste
Carregar comentários