Sainz: É emocionante para os pilotos da F1 correr no local onde perdemos Senna

Espanhol falou ainda sobre a emoção de disputar seu primeiro GP em solo italiano como piloto da Ferrari

Sainz: É emocionante para os pilotos da F1 correr no local onde perdemos Senna

Carlos Sainz está duplamente emocionado por correr o GP da Emilia Romagna, em Ímola: primeiro, por ser sua estreia em solo italiano como piloto da Ferrari na Fórmula 1 e, segundo, por ser o local da morte de um de seus ídolos no esporte, o brasileiro Ayrton Senna.

O tricampeão brasileiro não resistiu a uma forte batida na curva Tamburello no mítico circuito italiano, em primeiro de maio de 1994, em um final de semana marcado por tragédias naquele GP de San Marino. Na sexta-feira, Rubens Barrichello sofreu um acidente grave durante os treinos livres, sendo removido do final de semana, enquanto o sábado foi marcado por outro acidente fatal, de Roland Ratzenberger.

Leia também:

O retorno da F1 à Ímola, no ano passado, foi marcado por homenagens de pilotos e equipes ao brasileiro, com Pierre Gasly divulgando um capacete especial para a etapa usando o mesmo esquema de pintura de Senna e Hamilton relembrando seu ídolo maior no esporte.

Na quinta-feira, antes do GP da Emilia Romagna, segunda etapa da temporada 2021, Sainz foi perguntado sobre o quanto ele conhecia sobre Senna, afirmando que conhece tudo que é possível.

"Honestamente, sei tudo que é possível saber através de documentários, livros, informações do paddock, falando com pessoas que trabalharam com ele ou tiveram qualquer tipo de encontro ou experiência com ele".

"Mas, obviamente, de seu lado pessoa, sei muito pouco agora. São coisas que tiro de vídos, entrevistas que estão no YouTube, ou documentários".

"Esses já fazem um bom trabalho para torná-lo a lenda que ele é. E sabe, estar de volta ao lugar onde ele perdeu a sua vida é sempre difícil, emocionante para qualquer piloto de F1 porque sabemos que aqui perdemos o talento mais especial que já existiu na história".

Sainz disse ainda que a influência de Senna vai muito além dos limites da comunidade da F1.

"Quando você vê pilotos da MotoGP, pessoas de outras categorias falando sobre F1, todos se lembram de Ayrton Senna e o quão especial ele era. Acho que todo atleta sabe o quão especial Ayrton era e graças a esses vídeos no YouTube e documentários, todos sabemos o quão diferenciado, carismático e especial ele era".

O espanhol disse ainda que está pronto para sua primeira corrida na Itália como piloto da Ferrari, mesmo que sem público.

"Um GP na Itália para um piloto da Ferrari é sempre especial, emocionante. Infelizmente, a situação com a pandemia não nos permitiu ter fãs aqui, então certamente sentirei a falta deles e desse fator extra".

"Mas é possível sentir o clima ao redor do circuito e tudo mais. Você sente que é especial e já senti isso no ano passado, em Monza, quando ainda estava na McLaren. Os fãs já faziam uma conexão extra comigo porque sabiam que eu correria pela Ferrari".

F1 2021: A verdade sobre motor Honda e tudo sobre o GP em Ímola com Rico Penteado | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - TELEMETRIA: A verdade sobre motor Honda e o GP da F1 em Ímola

compartilhar
comentários
F1: Alonso adia biografia para dizer a "verdade" após aposentadoria

Artigo anterior

F1: Alonso adia biografia para dizer a "verdade" após aposentadoria

Próximo artigo

Game F1 2021 tem data de lançamento divulgada e ganha três novas pistas

Game F1 2021 tem data de lançamento divulgada e ganha três novas pistas
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Redação Motorsport.com