Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
29 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
43 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
57 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
71 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
78 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
92 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
106 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
113 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
134 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
148 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
190 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
197 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
211 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
218 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
232 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
246 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
253 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
267 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
281 dias

Sauber diz que Wehrlein não teve culpa em punição dos boxes

compartilhar
comentários
Sauber diz que Wehrlein não teve culpa em punição dos boxes
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho
15 de mai de 2017 21:27

Time suíço diz que chamada em cima da hora para alemão entrar nos boxes durante o Safety Car virtual criou as circunstâncias que levaram piloto a ser punido no GP da Espanha

Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari
Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari, Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12
Pascal Wehrlein, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber C36, Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12, Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Pascal Wehrlein, Sauber C36, Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12, Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17

Pascal Wehrlein foi um dos grandes destaques do GP da Espanha, realizado no último domingo (14). O alemão, com uma estratégia de um pit stop, conseguiu cruzar a linha de chegada na sétima posição.

Entretanto, o alemão foi punido por não respeitar os limites da entrada do box com um acréscimo de cinco segundos no tempo de prova, o que o fez perder a posição para Carlos Sainz Jr., terminando com o oitavo posto no resultado final. 

A Sauber, porém, não culpa Wehrlein pelo erro que gerou a punição. Ao contrário, o time assume a responsabilidade por ter chamado o alemão em cima da hora para a troca, já que julgou que o período de Safety Car virtual proporcionava a chance ideal para a parada do piloto.

Como Wehrlein estava perto da entrada, não houve tempo hábil e espaço para Wehrlein entrar da maneira correta, o que gerou a punição.

"Ele pilotou muito bem", disse Monisha Kaltenborn, chefe da Sauber, ao Motorsport.com. "Uma pena que a chamada para a parada tenha sido feita em cima da hora e ele tenha sido punido, mas não importa."

"Ele mal teve tempo para reagir, a chamada veio muito em cima mesmo e ainda assim ele conseguiu entrar. Mas não vamos reclamar sobre o que poderia ter sido feito, estamos felizes com o que conseguimos", afirmou.

Xevi Pujolar, engenheiro de pista da Sauber, explicou a chamada tardia: "Uma pena que Pascal tenha sido punido, mas estávamos pensando sobre parar naquele momento. Houve uma confusão no momento do Safety Car virtual, não sabíamos se deveríamos parar ou não. Quando ele foi acionado, estávamos na entrada da chicane, foi tarde demais. Por isso ele (Wehrlein) perdeu a entrada correta." 

Wehrlein revelou que era fundamental que ele entrasse assim que recebeu a ordem, pois assim garantiria que a estratégia do time funcionaria.

"Recebi a chamada quando já estava perto da última curva, mas sabia que para eles me chamarem naquele momento era importante entrar. Perdi a entrada correta, mas se eu não tivesse entrado naquele momento, todos que estavam atrás me superariam e eu perderia a chance de pontuar. Eu sabia que a punição viria", afirmou.

Kaltenborn finalizou dizendo que a performance de Wehrlein em Barcelona é uma resposta aos que questionaram a decisão dele de se ausentar dos GPs da Austrália e da China após a contusão nas costas sofrida na Corrida dos Campeões.

"É ótimo, já que ele foi injustamente criticado, de maneira amadora, eu diria. É importante para a confiança dele, pois ele é um piloto talentoso - por isso o contratamos", disse.

"Este resultado é bom para o desenvolvimento dele. Esse desempenho é uma resposta aos críticos - não sei o que eles poderiam criticar agora", completou.

Reportagem adicional por Oleg Karpov

Próximo artigo
Reclamações na F1 e na F-E: frases do final de semana

Artigo anterior

Reclamações na F1 e na F-E: frases do final de semana

Próximo artigo

GP da Espanha mostra F1 buscando reaproximação com público

GP da Espanha mostra F1 buscando reaproximação com público
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Pascal Wehrlein
Equipes Sauber
Autor Lawrence Barretto