Senna é o próximo alvo das marcas de Vettel: compare números

Mesmo tendo disputado 44 corridas a menos que brasileiro, piloto alemão está a cinco vitórias de tricampeão

Senna é o próximo alvo das marcas de Vettel: compare números
Carregar reprodutor de áudio

Colecionador de números impressionantes nos últimos anos, em que conseguiu um raro tetracampeonato consecutivo, Sebastian Vettel está próximo de superar o tricampeão brasileiro Ayrton Senna em alguns quesitos na história da Fórmula 1.

Se seguir com sua sequência de vitórias, o alemão deve igualar na próxima temporada as 41 vitórias de Senna. Atualmente com 36, o piloto da Red Bull está a cinco do brasileiro, mesmo tendo menos GPs disputados: 117 contra 161.

Vettel surge ainda como forte candidato a superar, ao longo da carreira, o número mais marcante do brasileiro, que mesmo Michael Schumacher, o heptacampeão rei dos recordes da categoria, teve dificuldades para bater: as 65 pole positions. Também especialista em classificações, o novo tetracampeão ainda está a 22 da marca de Senna. Porém, aos 26 anos e com um ritmo atual de mais de sete poles por temporada nos últimos quatro anos, este é um objetivo real para o alemão.

O tetracampeão, inclusive, lembrou dessa característica de Senna quando bateu a marca de Nigel Mansell de maior número de poles (15) em uma temporada, em 2011. “Aquele que foi mais impressionante, e provavelmente sempre será, é Ayrton Senna. A quantidade de poles que ele conseguiu durante um ano, e também depois em três ou quatro anos seguidos, é a real referência”, disse na época, referindo-se ao período de 1988 e 1990, em que o brasileiro fez 36 das 48 poles possíveis, com aproveitamento de 75%.

Há outros números em que Vettel se encaminha para superar Senna em um ou dois anos, caso a Red Bull continue com a sequência de bons campeonatos. Em voltas na liderança, Vettel tem 2.257 contra 2.931 de Senna. Em poles transformadas em vitória, característica marcante de ambos, o placar está 29 a 24 para o brasileiro. Em primeiras filas, o tricampeão ganha por 87 a 61.

Mesmo sempre citando o também alemão Michael Schumacher como grande referência no esporte, Vettel, que tinha apenas seis anos quando Senna morreu, em 1994, sempre demonstrou respeito pelo brasileiro. Inclusive, ao superar o piloto e se tornar o tricampeão mais jovem da história, justamente no GP do Brasil do ano passado, reconheceu que era difícil se expressar. “Estamos aqui em São Paulo, onde ele nasceu e foi enterrado. Vir aqui e vencer um campeonato pela terceira vez... realmente não sei o que dizer.”

Vettel também declarou recentemente que a McLaren de 1993, com a qual o brasileiro foi vice-campeão, é seu carro favorito. "Foi a minha primeira miniatura. A McLaren não tinha o melhor equipamento da temporada, mas mesmo assim Senna conseguiu vencer cinco corridas."

Além do número de títulos, outro quesito em que o jovem alemão já superou Senna é em voltas mais rápidas. Conhecido por buscar tempos baixos mesmo quando tem a corrida controlada – certa vez, quando repreendido pelo engenheiro, justificou que o fazia “por satisfação pessoal” – Vettel tem 21 voltas mais rápidas na carreira, contra 19 de Senna.

Por outro lado, em número de pódios, o alemão fica devendo. Apesar da média ligeiramente superior (50,43% a 49,64%), colecionou 59 troféus contra 80 de Senna. Confira os números:

compartilhar
comentários
Baixo desgaste de pneus pede poucas paradas em Abu Dhabi
Artigo anterior

Baixo desgaste de pneus pede poucas paradas em Abu Dhabi

Próximo artigo

Um dia após completar 83 anos, Ecclestone enfrenta processo milionário

Um dia após completar 83 anos, Ecclestone enfrenta processo milionário
Carregar comentários