Giovinazzi ainda não procura opções de fora da F1 caso deixe Alfa Romeo

Piloto italiano não tem sua vaga garantida no grid em 2022; equipe já acertou com Bottas e especula Zhou para segundo assento

Giovinazzi ainda não procura opções de fora da F1 caso deixe Alfa Romeo

Antonio Giovinazzi disse que atualmente não pensa em opções de fora da Fórmula 1 em 2022, enquanto tenta salvar seu assento na Alfa Romeo. A equipe pensa em substituir o italiano na próxima temporada e considera alguns pilotos para fazer parceria com Valtteri Bottas, vindo da Mercedes.

Acredita-se que Guanyu Zhou esteja liderando a corrida pela vaga, mas nenhuma decisão foi tomada pela escuderia até o momento.

Leia também:

Giovinazzi alcançou o Q3 em dois dos últimos três GPs, marcando a P7 do grid para as provas de Zandvoort e Monza, mas ele não conseguiu marcar nenhum ponto desde que terminou em décimo em Mônaco no final de maio.

Questionado pelo Motorsport.com se havia pensado em outras opções caso perdesse seu assento na Alfa Romeo em 2022, o piloto disse que ainda não estava pensando em alternativas, colocando todo o foco no presente.

"Para ser honesto, por enquanto, quero me concentrar em seguir na Fórmula 1", disse Giovinazzi. "No pior dos casos, começaria a pensar no próximo ano, mas por enquanto, vou focar em meu trabalho."

Antonio não tinha certeza sobre o cronograma de uma decisão da equipe sobre seu futuro, dizendo que "não era uma pergunta para ele", mas sim para o chefe do time, Frederic Vasseur.

"A única coisa que posso fazer é pilotar e chegar a mais pontos, que espero que seja o suficiente", comentou.

Giovinazzi fez sua estreia na F1 com a escuderia sob o nome da Sauber em 2017, servindo como substituto para o lesionado Pascal Wehrlein nas duas primeiras corridas da temporada. Ele então retornou em tempo integral no início de 2019, auxiliado por sua filiação à Ferrari, que controlava um dos assentos.

No entanto, a equipe italiana não tem mais voz na segunda vaga da Alfa Romeo, com o chefe da fabricante na categoria, Mattia Binotto, reconhecendo em Monza que "não pode influenciar a decisão da equipe".

Sobre opções alternativas para Giovinazzi dentro do 'guarda-chuva' da Ferrari para o próximo ano, Binotto disse que não era algo que ainda havia sido discutido.

"Acho que muito vai depender da vontade dele e de quais são os interesses reais de Antonio para o futuro", explicou Mattia. "Acho que o primeiro passo, com certeza, é tentar encontrar um lugar e uma vaga na F1 para ele, e é no que estamos totalmente focados no momento."

HAMILTON se vê com ALVO NAS COSTAS e compara MAX/ALONSO: "Uns são capazes de controlar, outros não”

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #135 – Vitória 100 de Hamilton na F1 chega em momento mais pressionado na carreira?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen faz 24 anos; comparamos números de outros pilotos na mesma idade
Artigo anterior

F1: Verstappen faz 24 anos; comparamos números de outros pilotos na mesma idade

Próximo artigo

F1: Mercedes pode esperar até o México para trocar motor de Hamilton; entenda

F1: Mercedes pode esperar até o México para trocar motor de Hamilton; entenda
Carregar comentários