Sob chuva, Hamilton vence GP do Brasil dramático; Massa bate

Britânico comanda prova atípica em Interlagos, mas vê Nico Rosberg sendo segundo após erro estratégico da Red Bull; Nasr pontua

Sob chuva, Hamilton vence GP do Brasil dramático; Massa bate
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads behind the FIA Safety Car
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads behind the FIA Safety Car
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
The Ferrari SF16-H of Kimi Raikkonen, Ferrari is removed from the circuit after he crashed out of the race
(L to R): Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 with Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso on the drivers parade
Valtteri Bottas, Williams FW38, Felipe Massa, Williams FW38
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Kimi Raikkonen, Ferrari with team mate Sebastian Vettel, Ferrari on the drivers parade
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid leads behind the FIA Safety Car
Max Verstappen, Red Bull Racing RB12, Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H
Carregar reprodutor de áudio

Teve de tudo. Acidente antes da largada, largada com Safety Car, acidente na entrada dos boxes, bandeira vermelha e acidente em regime de Safety Car. O GP do Brasil de 2016 será lembrado como uma das corridas mais atípicas da Fórmula 1 em sua história.

Melhor para Lewis Hamilton. Tido como o melhor piloto na chuva na atualidade dentro da Fórmula 1, o britânico não teve concorrência à altura pela sua 52ª vitória na carreira. Com este triunfo, além de reduzir a diferença de 19 para 12 pontos no mundial de pilotos para Nico Rosberg (segundo colocado) ele ultrapassa o tetracampeão Alain Prost em número de vitórias na F1.

Ainda assim, Nico pode ser terceiro na última corrida, em Abu Dhabi, para faturar o título.

O melhor do resto foi Max Verstappen, que chegou a estar na frente de Rosberg mas foi vítima de um erro estratégico da Red Bull, que trocou seus pneus de chuva pelos intermediários. Com o aumento da chuva, o piloto parou de novo e teve de se recuperar de 14º até o terceiro lugar em uma atuação primorosa. Perdendo o pódio a duas voltas do final, Sergio Perez foi o quarto e Sebastian Vettel fechou o top-5.

Em sua última corrida no Brasil, Felipe Massa acabou batendo na volta 48 após perder o controle de seu carro na Curva do Café enquanto era o 13º colocado. No entanto, isso não desanimou Massa, que ao sair do carro vibrou com a torcida, foi aplaudido pela Mercedes e pela Ferrari ao passar no pit lane, e ainda ganhou um abraço de sua família.

Felipe Nasr se utilizou de um bom desempenho no molhado para alcançar seus primeiros pontos no ano com um bom nono lugar. A colocação é importante para a Sauber, já que o time ultrapassa a Manor no campeonato de construtores.

A corrida

Antes mesmo da largada, na volta de instalação, o francês Romain Grosjean acabou batendo sua Haas no muro da Curva do Café. Ele ocuparia o sétimo posto no grid. Por isso, a corrida se iniciou apenas com 21 carros.

Pela chuva, a direção de prova adiou a largada em dez minutos e obrigou os carros a saírem atrás do Safety Car. Foram dadas sete voltas atrás do carro de segurança antes de a prova começar a valer.

Na saída, Verstappen ultrapassou Raikkonen logo na primeira curva pelo terceiro lugar enquanto as duas Mercedes mantiveram as duas primeiras posições. Alguns pilotos trocaram os pneus de chuva pelos intermediários nas voltas seguintes. O Safety Car entrou na pista na volta 12 após um acidente de Marcus Ericsson na Curva do Café. O sueco rodou e acertou seu carro na parede, ficando na entrada do pit lane.

Na relargada, Kimi Raikkonen, terceiro colocado, perdeu o controle de seu carro no meio da reta e bateu no muro. A prova foi paralisada com bandeira vermelha após isso na volta 20.

Depois de 25 minutos de paralisação, a prova foi retomada atrás do Safety Car. No entanto, os incidentes não pararam. Quarto, Hulkenberg foi obrigado a parar por conta de uma rodada em velocidade lenta. Em seguida, Palmer bateu em Kvyat e foi obrigado a abandonar a prova. Os acontecimentos levaram a direção de prova a parar novamente o GP com bandeira vermelha na volta 28. Os seis primeiros eram Hamilton, Rosberg, Verstappen, Perez, Sainz e Nasr.

Na volta, a corrida retornou após duas voltas do Safety Car. Max Verstappen ultrapassou Nico Rosberg de maneira brilhante por fora na Curva do Sol pelo segundo lugar, enquanto Ricciardo recuperou posições de Nasr e Sainz para chegar ao quinto posto. O top-5 era Hamilton, Verstappen, Rosberg, Perez e Ricciardo.

Com a pista começando a secar, alguns pilotos apostaram nos pneus intermediários após Daniel Ricciardo fazer por vezes a volta mais rápida da corrida.

Na volta 48 o Safety Car voltou à pista após um acidente de Felipe Massa, quinto piloto a abandonar a prova. Felipe foi ovacionado pela plateia enquanto voltava para a garagem.

Com a volta da prova, as Mercedes mantiveram os dois primeiros lugares, com Max Verstappen fazendo uma grande recuperação, indo de 14º após trocar os pneus intermediários pelos de chuva, para o terceiro lugar após passar Sergio Perez a duas voltas do fim.

Nasr se manteve na zona de pontos e terminou em nono lugar.

A última etapa da Fórmula 1 acontece em duas semanas, no circuito de Yas Marina em Abu Dhabi.

Resultado

Pos.PilotoChassiMotorDif.
1  Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 3:01'01.335 
2  Nico Rosberg  Mercedes Mercedes 11.455
3  Max Verstappen  Red Bull TAG 21.481
4  Sergio Perez  Force India Mercedes 25.346
5  Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 26.334
6  Carlos Sainz Jr.  Toro Rosso Ferrari 29.160
7  Nico Hulkenberg  Force India Mercedes 29.827
8  Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 30.486
9  Felipe Nasr  Sauber Ferrari 42.620
10  Fernando Alonso  McLaren Honda 44.432
11  Valtteri Bottas  Williams Mercedes 45.292
12  Esteban Ocon  Manor Mercedes 45.809
13  Daniil Kvyat  Toro Rosso Ferrari 51.192
14  Kevin Magnussen  Renault Renault 51.555
15  Pascal Wehrlein  Manor Mercedes 1'00.498
16  Jenson Button  McLaren Honda 1'21.994
   Esteban Gutierrez  Haas Ferrari  
   Felipe Massa  Williams Mercedes  
   Jolyon Palmer  Renault Renault  
   Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari  
   Marcus Ericsson  Sauber Ferrari  
   Romain Grosjean  Haas Ferrari  
compartilhar
comentários
Massa apresenta capacete e macacão para GP do Brasil
Artigo anterior

Massa apresenta capacete e macacão para GP do Brasil

Próximo artigo

Em vitória “fácil”, Hamilton avisa Rosberg: “estou caçando”

Em vitória “fácil”, Hamilton avisa Rosberg: “estou caçando”
Carregar comentários